Smithsonian Channel chega ao Brasil em parceria com a Band; veja os destaques da programação

Canal vai ter uma grade especial de estreia para apresentar ao público brasileiro atrações representativas de todos os seus gêneros

O Smithsonian Channel e o Grupo Bandeirantes de Comunicação anunciaram em evento nesta terça-feira, 16, uma parceria para a chegada do canal norte-americano ao Brasil. O Smithsonian Channel estará disponível em HD, com sua grade linear, aos assinantes da NET (canal 590).

O público brasileiro terá acesso às mesmas atrações exibidas nos Estados Unidos. A grade de programação local foi adaptada apenas para atender o horário nobre, que é diferente entre os dois países.

Na semana de estreia (entre 26 e 30 de abril), o Smithsonian Channel vai apresentar atrações representativas de todos os seus gêneros de programação, como: história, viagens, aviação e exploração espacial, ciências, natureza e cultura pop. Porém, as grandes atrações ficam pelos sucessos do acervo do canal, que ainda são inéditos ao público brasileiro. Conheço um pouco mais de cada um dos produtos:

* Mummies Alive – estreia dia 3 de maio, às 21h

Mummies AliveMúmias terão mistério desvendado. Foto: Mummies Alive Productions Inc

A série atravessa os quatro continentes para revelar historias por trás das múmias mais enigmáticas do mundo. Os seis episódios abrangem cinco mil anos de história, removendo as bandagens de um faraó egípcio de três mil anos, de um lendário pistoleiro do velho oeste americano e de uma garota de 14 anos encontrada no topo de um vulcão de quase sete mil metros de altura, na América do Sul.

Essas múmias são viajantes do tempo e o mais precioso elo que temos com nossos antepassados. Ao investigar seus restos mortais incrivelmente preservados e trazê-las “de volta à vida” por meio de imagens computadorizadas de ponta, suas histórias e os segredos de civilizações passadas vêm à tona.

* Million Dollar American Princesses – estreia dia 5 de maio, às 22h

Harry e Meghan Markle
Príncipe Harry e Meghan Markle. Foto: Anwar Hussein

A atriz Elizabeth McGovern narra histórias verídicas que aconteceram nos bastidores das celebradas uniões de herdeiras americanas com nobres  britânicos, entre os séculos 19 e 20, combinando fortuna com posição social.

Desde os pais de Winston Churchill à bisavó da princesa Diana, série analisa casamentos arranjados que salvaram uma empobrecida aristocracia britânica e, em troca, deram a algumas mulheres americanas um título da nobreza e um lugar na alta sociedade.

* Epic Yellowstone – estreia dia 6 de maio, às 22h

Epic Yellowstone
Bisões no campo. Foto: Smithsonian Networks

Esta série em quatro partes exibe o extraordinário espetáculo de vida selvagem e de mudanças climáticas extremas e sazonais em um dos maiores parques nacionais do mundo.

Apresentada pelo ator Bill Pullman e filmada com equipamento de última geração (como câmeras de 8K e infravermelhas de imagens térmicas, drones que captam em timelapse, cineflex aéreos e câmeras em miniatura), ao longo de três anos, a série revela, de forma fascinante, a beleza de predadores e presas que habitam o Yellowstone.

* America´s Secret Space Heroes – estreia dia 6 de maio, às 22h

Secret Space Heroes
O homem pisou na lua em 1969. Foto: Smithsonian Channel/Arrow Int. Media LTD

A série revela as histórias não contadas envolvendo os programas espaciais, partindo de depoimentos em primeira mão de homens e mulheres que atuaram em diferentes projetos, desde a criação do foguete Saturno V ao primeiro pouso bem-sucedido em Marte.

Dividida em seis episódios, a série explora algumas das maiores conquistas espaciais, nas palavras dos próprios engenheiros da NASA, revelando homens e mulheres que, silenciosamente, superaram desafios sem precedentes para criar o módulo lunar, o ônibus espacial, a estação espacial internacional, o telescópio Hubble e a espaçonave que deu início à exploração em Marte.

Produção nacional

O Smithsonian Channel terá uma faixa dedicada às produções nacionais às 18h.  A série Geografia da Arte, que fala da relação entre artistas e os lugares que os inspiram, fará a estreia do horário a partir de maio.

Sucesso da parceria

David Royle, diretor de programação para a Smithsonian Networks, falou da satisfação por conseguir trazer o canal ao Brasil. "Não há palavras para expressar como estamos entusiasmados com o nosso próximo e mais importante lançamento aí no Brasil. Eu sonho com isso há muitos anos. A primeira vez que fui aí foi nos anos 90, e eu me apaixonei pelo seu país maravilhoso e, claro, a simpatia das pessoas", declarou.

O executivo ainda enalteceu o acordo com o Grupo Bandeirantes. "Estamos muito felizes com a nossa parceria. Eles terão uma grande influência no nosso canal que refletirá a cultura brasileira, mas também trará um conhecimento e sabor internacional para o país".

Paulo Saad, vice-presidente do Grupo Bandeirantes, revelou que as conversas para trazer o canal ao Brasil começaram há dois anos. "É um canal que nos orgulha em ter no portfólio. Smithsonian é um centro de excelência na produção do mundo, faz entretenimento baseado em fatos científicos", afirmou. "Nosso público-alvo é o público inteligente", completou.

"Smithsonian é o canal da família, temos muitos para mostrar", declarou Monica Monteiro, diretora-executiva dos canais pagos do Grupo Bandeirantes. "A gente tem programação para tudo. Quem gosta de ciência e tecnologia, é uma festa para os olhos, para mente e para o coração. Quem gosta de história, de natureza, mais ainda, então tem para todos os gostos e de uma maneira muito agradável, você não se sente sentado dentro de um museu tomando uma lição de um velhinho barbudo de óculos na ponta do nariz, é alegre, é colorido, é divertido", completou Silvia Jafet.

Band celebra chegada de Smithsonian Channel no Brasil; veja fotos

Compartilhar

Deixe seu comentário