Homem Cueca ganha animação na tela da Band

Exibição de desenho nacional para o público adulto no horário nobre é iniciativa inédita na TV aberta

A partir desta segunda-feira, dia 4 de janeiro, o "Homem Cueca" - criação do humorista Felipe Xavier - pula das ondas do rádio para a tela da Band, ganhando vida nova em uma animação inédita.

A emissora levará ao ar 26 episódios, cada um deles com dois minutos de duração, de segunda a sexta, às 22h15, antes de "Os Simpsons". A iniciativa de exibir uma animação 100% brasileira voltada para o público adulto no horário nobre da televisão aberta é inédita.

O personagem é um super-herói da periferia que tem como único super poder aparecer e desaparecer assim que é chamado. Sem um tostão no bolso, ele cobra R$ 100 "mais o dinheiro do busão" por seus serviços. Mulherengo e preguiçoso, ele é casado com a Mulher Calcinha. O único filho deles, o pequeno Menino Fralda, é o oposto do pai. Bom aluno, ele quer estudar e fugir das enrascadas da família desajustada para "ser alguém na vida".

"Os 26 episódios são a síntese desse personagem politicamente incorreto. Depois de ter criado mais de 600 histórias ao longo de 12 anos, a animação só traz o melhor do Homem Cueca", diz Felipe Xavier, que já trabalha na segunda fase do projeto. O humorista quer produzir uma nova leva de episódios mais longos, com 30 minutos de duração.

"Ele é um super-herói brasileiro: pega ônibus, enfrenta filas, recebe Bolsa Família. Está sempre querendo tirar vantagem de alguma situação. Acho que é por isso que as pessoas gostam tanto do personagem. Elas se identificam com esse mundo nu e cru da nossa realidade dentro de histórias lúdicas", finaliza o humorista.

A animação "Homem Cueca", uma co-produção da Band com a Galáxia Filmes, conta com investimento do Fundo Setorial do Audiovisual (FSA), da ANCINE.

Sobre Felipe Xavier

Felipe começou sua carreira no rádio em 1991, criando e produzindo esquetes de humor. Em 1999 criou o Chuchu Beleza e levou para a Rede Jovem Pan FM onde ficou por 2 anos, depois para a Radio MIX, por 9 anos, e desde 2009 novamente na Rede Jovem Pan FM, e em diversas outras emissoras no Brasil.

Semanalmente, são criadas 6 esquetes de 2 minutos cada uma, veiculadas 10 vezes ao dia, 365 dias no ano.

O Chuchu Beleza, veiculado em 77 emissoras de rádio - 56 da rede Jovem Pan FM e 21 rádios independentes - em 2.160 cidades, para 35 milhões de ouvintes por minuto, 103 milhões de ouvintes em potencial, tem mais de 4 mil roteiros produzidos e veiculados no rádio. O Homem Cueca sozinho tem mais de 600 histórias gravadas e veiculadas.

Felipe, durante todo esse período de produção ininterrupta, ainda contribuiu para as programações de emissoras como MTV Brasil, Rede Bandeirantes, Rede 21, TV Gazeta e nas fechadas Sony e Sony Spin.

Na segunda metade da década de 90, recebeu prêmio de Melhor Programa de Rádio pelo inesquecível ¨Sobrinhos do Ataíde¨ (fundador do grupo), pela APCA – Associação Paulista de Críticos de Arte e o Prêmio Lâmpada de Prata, categoria ¨Fimes, Melhor Campanha Publicitária¨, da Associação Brasileira de Propaganda – ABP.

Você viu?

Gosto de sair do estereótipo, revela panicat Aline

Kendall Jenner e Gigi Hadid faturam milhões por post

Luana Piovani mostra rostos dos filhos em rede social

Marco Luque chora e se emociona na despedida do CQC

Marco Luque
 

Apresentador comete equívoco e anuncia Miss Universo errada 

Miss Universo

 

Compartilhar

Deixe seu comentário