Fui o braço direito do Gaspa, tudo que precisava eu fazia, diz Taty Ferreira sobre prova final

Ex-participante foi chamada pelo finalista para ajudar no último desafio de O Aprendiz

A influenciadora Taty Ferreira foi uma das primeiras pessoas chamadas por Gabriel Gasparini para ajudar no último desafio da grande final de O Aprendiz. A ex-participante foi demitida por Roberto Justus em uma sala de reunião contra o finalista.

“Eu queria muito participar do projeto dele, até porque eu saí do programa pra ele continuar. Então eu queria que ele ganhasse. O projeto dele foi sensacional”, revelou em entrevista ao Portal da Band.

“A gente se conheceu no programa e virou amigo nos últimos episódios. Ele ficou muito tempo na Share, depois foi pra Hashtag e eu não tive contato. Depois a gente descobriu que tinha muita coisa em comum. Ele lembra meu irmão, foi perfeito”, contou a influenciadora sobre a relação com Gaspa.

Para a prova, o finalista teve a ideia de melhorar a coleta de lixo em restaurantes de São Paulo, e Taty ajudou na parte de logística e produção: “Ele teve a ideia central e a gente foi arrumando e planejando a ideia pra ficar redondinha, abrangendo não só os restaurante como a população inteira. Teve a frente de mídia e a frente de ativação e implementação. Eu fiquei como braço direito, tudo que ele precisava eu fazia”, frisou.

Influenciadora de comportamento no Acidez Feminina, Taty Ferreira foi um dos grandes destaques de O Aprendiz. Com um perfil dinâmico, ela foi longe na competição, e revelou que o programa mudou sua vida: “Eu fui uma das pessoas que mais menosprezou, achei que não ia aprender nada. Hoje eu falo que paguei a língua, porque eu aprendi muito, saí uma nova pessoa. Eu estou produzindo e fazendo muito mais do que nos nove anos que trabalhei com internet até aqui”, completou.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário