Relembre as maiores broncas de Justus nesta temporada

Apresentador é conhecido por não medir palavras quando se trata de avaliar desempenho das equipes

Um dos momentos mais esperados de O Aprendiz é a sala de reunião, onde Roberto Justus declara qual equipe venceu a tarefa dada no episódio. Mas o que realmente faz os espectadores ficarem ansiosos pelo momento é o que vem depois: as broncas do apresentador na equipe perdedora. Sem medir palavras, Justus não deixa de falar o que pensa e faz a internet acompanhar apreensiva

A atual temporada do programa, com influenciadores digitais, já rendeu momentos tensos na sala. Relembre aqui alguns deles:

Erro imperdoável

Ao descumprir uma regra do dossiê do programa, Montalvão foi demitido de forma inesperada por Justus, antes mesmo da sala de reunião começar. O participante citou o nome de Ricardo Justus, filho do apresentador e conselheiro convidado do episódio, para tentar convencer um funcionário de sua empresa a ajudá-lo durante a tarefa de promoção de educação a distância.

Justus chamou o deslize de "erro imperdoável". "Não se pode pagar qualquer preço para ter qualquer coisa. Não posso aceitar esse tipo de coisa. Sou muito chato com isso", explicou o empresário. 

"Você sabe ler contrato?"

A sala de reunião pegou fogo quando Roberto Justus chamou a atenção de Erasmo Vianna, Taty Ferreira e Gabriel Gasparini após eles quebrarem as regras do confinamento e se comunicarem com amigos ou familiares. O isolamento faz parte do contrato assinado pelos influenciadores para participarem do programa. Ao tentar justificar seu erro, Erasmo foi rebatido pelo apresentador com uma fala já clássica: "É só saber ler. Você sabe ler contrato?".

Desfile na rua com tema... Rua?

A equipe Share perdeu a tarefa do desfile de moda, após escolherem o tema "rua" para o evento que aconteceria em uma praça de São Paulo. A falta de criatividade e o mal planejamento do time fizeram com que Justus desse uma das maiores broncas da temporada, chamando a decoração de "ridícula". "Nunca vi nada igual", disse o apresentador.

"Foi um trabalho de adolescentes"

Após a tarefa do marketing de guerrilha, Justus e os conselheiros reprovaram os desempenhos de ambos os grupos. "Foi um trabalho de adolescentes vindo dos caras que são produtores de conteúdo e criativos", disparou. Ele ainda criticou PC Siqueira diretamente por ter descrito a performance da equipe Share como "apoteótica". "Eu nunca vi nada tão longe de apoteótico", falou Justus.

O Aprendiz é exibido toda segunda-feira, às 22h30, na tela da Band com reapresentações aos sábados, às 16h. Antes, às 22h, a emissora leva ao ar o programa O Aprendiz - Bastidores.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário