Pró-russos fazem manifestação em Donetsk

Manifestantes pediam a volta do presidente deposto Viktor Yanukovytch

Cerca de quatro mil pessoas participaram de uma manifestação neste sábado em Donetsk, cidade de maioria russa do leste da Ucrânia, agitando bandeiras russas e exigindo a volta do presidente deposto Viktor Yanukovytch.

"Rússia, nos ajude!", "Yanukovytch, nos ajude!", gritavam os manifestantes, que exigiam também a renúncia de Serguei Taruta, bilionário nomeado recentemente governador da região pelas novas autoridades em Kiev.

Os manifestantes mencionaram pela primeira vez o retorno de Viktor Yanukovytch, destituído no fim de fevereiro pelo Parlamento depois de uma violenta repressão a manifestações na capital ucraniana e de sua fuga para a Rússia.

Alguns exibiam imagens de Yanukovytch, nascido na região de Donbas, onde fica Donetsk, e cartazes com as frases: "Volte Yanukovytch!" ou "Yanukovytch, salve Donbas!".

A manifestação foi pacífica, ao contrário dos atos das últimas semanas, quando houve confrontos com partidários de Kiev, que terminaram com a morte de uma pessoa e com a ocupação de prédios públicos.

Os SBU (Serviços de Segurança Ucranianos) anunciaram neste sábado a detenção do líder separatista regional Mikhailo Tchumatchenko, chefe das "Milícias Populares de Donbas", acusado de atentar contra a integridade territorial ucraniana.

A situação é tensa no leste russófono da Ucrânia, principalmente depois da anexação da Crimeia pela Rússia em três semanas, em meio à ocupação da península ucraniana por grupos armados russos.

Kiev acusa os serviços secretos de Moscou de estarem por trás da tensão nas regiões pró-russas.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário