Amber Heard se recusa a prestar depoimento

Atriz chorou e gritou antes de fazer o juramento exigido pelo tribunal

Amber Heard se recusou a prestar depoimento à Justiça na ação que move contra seu ex, Johnny Depp, por violência doméstica, de acordo com relato do TMZ. O site reporta que, na manhã de sábado, dia 6, a atriz chorou e gritou antes de fazer o juramento exigido pelo tribunal.

Os advogados de Depp afirmam que ela chegou às 11h50 para um depoimento marcado para as 10h. Na ocasião, Amber se recusou a responder as perguntas do questionário que lhe foi entregue e não teria entrado na corte quando convocada por duas vezes. A atriz também não entregou os documentos que lhe foram pedidos.

A equipe jurídica do ator vai pedir ao juiz responsável que atriz seja impedida de testemunhar na semana que vem, quando ocorre o julgamento, além de solicitar a retirada da acusação de violência doméstica. Por outro lado, a ex-mulher de Depp garante ter provas de agressões antigas feitas pelo ator, uma delas em 2014, inclusive com boletins médicos, áudios e vídeos.

Uma amiga de Amber, Raquel Pennington, e seu namorado, Joshua Drew, estão listados como testemunhas porque estariam no mesmo prédio do ex-casal em 21 de maio, quando a atriz teria apanhado de Johnny Depp. Outra testemunha será iO Tillett Wright, com quem Amber alegou estar falando ao telefone no dia da agressão.

Leia também:
Ex de Johnny Depp tem rosto mais bonito do mundo
Winona Ryder defende Johnny Depp de acusações
Amber Heard já teria sido presa por violência

Você viu?
Após acusar ex de agressão, Luiza Brunet celebra 10 anos da Lei Maria da Penha

Luiza Brunet move ação contra ex



Compartilhar