Paris quer ter museus abertos todos os dias

Atualmente, na capital da França, os locais fecham uma vez por semana

O governo francês estuda manter os principais museus de Paris abertos sete dias da semana, como já ocorre em Nova York e em Londres. A medida serviria para aumentar a receita destes lugares nesta época de orçamentos públicos apertados.

De acordo com o jornal "Le Figaro", a proposta foi lançada pelo Ministério da Cultura e está em fase de estudo pelo Louvre, o Museu d'Orsay e o Castelo de Versailles, que atualmente fecham um dia por semana, ou segunda ou quarta-feira.

Abrir todos os dias significaria mais agentes de segurança e organizar de uma forma diferente os turnos para limpeza das salas e outras empreitadas lucrativas, como alugar para sets de cinema e visitas privadas.

Os visitantes nestes locais são sempre numerosos. Em 2013, o Museu do Louvre recebeu 9,2 milhões de pessoas; o Castelo de Versailles, 7 milhões; e o Museu d'Orsay, 3,5 milhões. Para aumentar o faturamento, o Louvre recentemente aboliu a gratuidade no primeiro domingo de cada mês entre os meses de abril e setembro. Já o Orsay aumentou o preço dos bilhetes no começo deste ano.

Compartilhar