Mônica Apor fala sobre fama de sexy

“Pela minha postura, as pessoas me respeitam”, afirma a repórter

Mônica Apor deixou a tela da Band ainda mais bonita desde o último dia 09 de janeiro. Após nove anos no programa “TV Fama”, da RedeTV, ela assumiu um novo desafio profissional no “Muito+”, atração comandada por Adriane Galisteu. Ela é responsável pelas reportagens produzidas em São Paulo.

Veja uma galeria de fotos de Mônica Apor  

 

Jornalista de formação, Mônica é apontada como uma sex symbol da televisão brasileira. Ela foi capa da revista “Playboy” de julho de 2010 e protagonizou diversos ensaios sensuais. “A fama de sexy não me incomoda, me deixa lisonjeada. É curioso que isso surgiu naturalmente”, contou.

 

Com exclusividade, ela contou como foi procurada para fazer o ensaio nu. “Eu sempre cobri as celebridades, ainda mais as mulheres que saiam na ‘Playboy’. Acho que de tanto eu ir às festas e às coletivas, eu despertei a atenção dos editores”, disse.


Divulgação/Playboy

Mesmo com a fama de sexy, ela afirma que não sente dificuldades na profissão e nunca foi assediada por seus entrevistados. “Pela minha postura, as pessoas me respeitam. Independente se eu sai na revista, eu me porto como jornalista”, falou. “Para mim, a ‘Playboy’ não trouxe nada de negativo”, acrescentou.

 

Na última segunda-feira, dia 09, ela estreou oficialmente como repórter do programa “Muito+”. Nesta semana, já foram exibidas entrevistas dela com o cantor sertanejo Michel Teló, a arquiteta e participante do programa “Mulheres Ricas” Brunete Fraccaroli e a Miss Brasil 2010 Priscila Machado.

 

“Eu amei a estreia. Apesar de não estar no palco, eu fiquei nervosíssima. O clima é bom e o mais importante é que cada um [dos apresentadores] tem o perfil bem diferente do outro, então tem para todos os gostos”, comentou. 

Compartilhar

Deixe seu comentário