Grupo Rumo apresenta músicas inéditas com ingressos esgotados

Novo disco “Universo” marca os 45 anos da estreia da banda paulistana

Voltar ao estúdio de gravação não estava nos planos dos nove integrantes do Grupo Rumo. O convite partiu do produtor Márcio Arantes à cantora Ná Ozzetti. Um convite surpreendente e oportuno, nas palavras de Luiz Tatit, que compõe a banda ao lado de Ná, Hélio Ziskind, Geraldo Leite, Akira Ueno, Paulo Tatit, Pedro Mourão, Gal Oppido e Zecarlos Ribeiro.

A ideia era criar composições e arranjos de forma coletiva, como o grupo fazia até 1992, quando se desfez. Com encontros ocasionais desde então, os músicos não tiveram dificuldade em retomar o processo criativo: “Parecia que nem tinha passado tanto tempo assim. Praticamente não teve nem um início, quase que foi uma continuidade”, conta Luiz Tatit.

O compositor participou ao lado de Geraldo Leite do programa Bandeirantes Acontece, com Leandro Gouveia, na Rádio Bandeirantes. O novo disco, disponível para ser ouvido na internet, reúne 14 composições. Duas delas estavam na gaveta desde o início dos anos 1990 para integrarem o álbum que sucederia aquele que acabou se tornando o último. Estaca e Universo, que dá nome ao novo trabalho, foram compostas pelos irmãos Luiz e Paulo Tatit.

O Rumo nasceu em 1974 a partir da vontade de jovens estudantes de fazer pesquisas sobre um novo jeito de compor. A perspectiva de uma nova música era tão levada a sério que o nome completo poderia batizar uma conferência acadêmica: Rumo de Música Popular. “Nós tínhamos, uma ou duas vezes por semana, reuniões para discutir teorias”, lembra Geraldo Leite.

As composições que ressaltam o modo de falar cotidiano acabaram por dar ao grupo um estilo característico. Em “Universo”, a identidade sonora fica por conta da interferência dos músicos, em especial Paulo Tatit, Hélio Ziskind e Ná Ozzetti, nos arranjos que deixam as canções com a cara do Rumo.

Para lançar o disco, o grupo fará cinco shows entre os dias 25 e 28 de abril no Sesc 24 de Maio, em São Paulo. Os ingressos se esgotaram no primeiro dia de venda, o que surpreendeu os integrantes. No dia 26 de maio, a banda se apresenta na Casa Natura Musical, na capital paulista, no festival Líricas Paulistanas, que homenageia o movimento de música independente dos anos 1980 que ficou conhecido como Vanguarda Paulista. Ouça aqui a entrevista na íntegra!

Compartilhar