segunda-feira, 9 de dezembro de 2019 - 14h41 / Atualizado em segunda-feira, 9 de dezembro de 2019 - 14h50

“Meu trabalho está só começando”, diz Júlia Horta após ficar no top 20 do Miss Universo 2019

Brasileira afirmou que conseguiu passar seu recado e fez questão de parabenizar a sul-africana Zozibini Tunzi

Júlia Horta nos bastidores do Miss Universo 2019 Foto: Benjamin Askinas/Miss Universe

| entretenimento@band.com.br

Júlia Horta se pronunciou no Instagram momentos depois da final do Miss Universo 2019, que coroou a sul-africana Zozibini Tunzi como a mulher mais bela do mundo.

Após conquistar o top 20, a brasileira fez questão de agradecer o apoio e se mostrou satisfeita com seu desempenho na competição. "Meu coração está tranquilo. Fiz o que vim fazer aqui, mandei a minha mensagem para o mundo e espero que ela tenha sensibilizado muita gente. Meu trabalho só está começando", garantiu.

A mineira também enalteceu a vitória de Zozibini. "Quero parabenizar nossa Miss Universo maravilhosa, estou muito feliz por ela. Fiquei incrivelmente feliz de ouvir respostas tão maravilhosas, de mulheres tão empoderadas que eu tive a oportunidade de conhecer nesses dias. Eu já sabia que seria um concurso incrível por tudo o que eu tinha conversado com elas, mas não imaginava que seria tão lindo. Esse Miss Universo vai ficar para a história", afirmou nos stories.

Nesta segunda-feira, 9, Júlia ainda fez um post exclusivo dedicado à campeã. "Desejo um ano incrível para você, com muitas novas experiências. Agora o universo sabe quem você é e você terá a chance de mudar muitas vidas. Espero que você aproveite cada momento e deixe seu coração te guiar. Deus te abençoe".

Neste ano, 90 meninas concorreram ao título. O Brasil não vence a disputa desde 1968, quando a baiana Martha Vasconcellos trouxe a coroa para casa. Antes disso, em 1963, Iêda Maria Vargas, do Rio Grande do Sul, garantiu a primeira vitória do país no concurso de beleza.