domingo, 10 de março de 2019 - 13h02 / Atualizado em domingo, 10 de março de 2019 - 17h13

Miss Brasil 2019 levanta bandeira de sororidade após vitória: ‘Esse título é de todas as mulheres’

Júlia Horta fez seu primeiro pronunciamento após desbancar 26 concorrentes na briga pela coroa

Júlia Horta foi coroada pela amazonense Mayra Dias, sua antecessora Foto: Cleiby Trevisan

| entretenimento@band.com.br

Júlia Horta, representante de Minas Gerais, se pronunciou publicamente neste domingo, 10, após conquistar o título de Miss Brasil Be emotion 2019. Em seu perfil no Instagram, que saltou de 78 mil seguidores, durante o confinamento em Campos do Jordão, para mais de 220 mil após a conquista da coroa, ela agradeceu a torcida que recebeu ao longo de sua trajetória na competição.

“Esse é o primeiro post que estou fazendo oficialmente como Miss Brasil BE Emotion e não tenho como colocar em palavras a gratidão que estou sentindo. Eu falei o tempo inteiro que a primeira coisa que eu falaria no meu reinado seria agradecer e estou aqui justamente para fazer isso. Quero expressar minha gratidão a todos vocês que torceram por mim, que confiaram no meu trabalho, que estiveram junto comigo, que mandaram energia positiva durante todo o confinamento. Vocês fizeram a diferença e me ajudaram a conquistar esse título”, disse usando a faixa e a coroa que recebeu nesse sábado, 9. 

Júlia também fez questão de dizer que irá carregar a bandeira da sonoridade, que é a união entre as mulheres baseada em empatia e companheirismo para alcançar objetivos em comum. “Eu queria dizer que esse titulo não é só meu, mas sim de todas as mulheres, porque juntas nós temos o potencial de causar a maior revolução de sonoridade desse mundo. Quero convidar também todas as personalidades nacionais para me apoiarem nesse projeto porque vai ser o meu foco no meu reinado e também fora dele. Muito obrigada, estou muito feliz, e agora vamos trabalhar”, concluiu.

Em uma disputa acirrada com outras 26 belas mulheres, a mineira de Juiz de Fora conquistou os jurados em uma noite cheia de beleza e mensagens de empoderamento. Antes de ser eleita, a jornalista de 24 anos ganhou várias provas no confinamento em Campos do Jordão, no interior de São Paulo, como o Desafio do Discurso, avaliado pela coach de comunicação Madalena Bernardes; o Desafio Be emotion, que a levou direto para o top 5; e a eleição entre as próprias candidatas sobre quem seria a melhor representante do país.

Veja sua primeira declaração após a vitória:



Reveja imagens do concurso: