segunda-feira, 17 de dezembro de 2018 - 00h58 / Atualizado em segunda-feira, 17 de dezembro de 2018 - 03h55

Representante das Filipinas desbanca 93 candidatas e conquista título de Miss Universo

Concurso realizado em Bangkok, na Tailândia, contou com um número recorde de candidatas à coroa

Catriona Gray foi eleita a mulher mais bela do mundo Foto: Athit Perawongmetha/Reuters

| entretenimento@band.com.br

Catriona Gray, representante das Filipinas, foi eleita na noite deste domingo, 16, a mulher mais bela do planeta. O evento foi realizado em Bangkok, na Tailândia.

Em uma competição acirrada com outras 93 candidatas, número recorde de participação no concurso, a beldade de 24 anos conquistou o júri formado apenas por mulheres, e levou o título máximo da beleza. Essa é a quarta vez que uma filipina vence a disputa. Catriona foi coroada por sua antecessora, a sul-africana Demi-Leigh Nel-Peters.

A brasileira Mayra Dias, de 27 anos, conseguiu ficar entre as 20 semifinalistas. A jornalista foi eleita Miss Brasil representando o estado do Amazonas em maio deste ano e, desde então, vinha se preparando intensamente para a disputa mundial.

O título de melhor traje típico foi dado para On-anong Homsombath, representante de Laos.

Laos
O melhor traje típico de 2018. Foto: Patrick Prather/Miss Universe


O evento teve transmissão ao vivo pela Band e pelo Portal da emissora sob o comando de Renata Fan. No palco do estúdio em São Paulo, a apresentadora Maria Eugênia Suconic e a Miss Brasil 2017 Monalysa Alcântara comentaram o espetáculo de beleza.

O concurso

Sediado pela terceira vez na Tailândia, o concurso aconteceu no Centro de Convenções Impact Arena, em Bangkok, na Tailândia, com transmissão ao vivo pela Band e pelo Portal da emissora.

Mais uma vez, a apresentação ficou a cargo do comediante Steve Harvey, ganhador de cinco prêmios Emmy. O anfitrião usou um terno que trazia o nome dos 94 países participantes da disputa na parte interior. "Esse não tem a venda nas lojas, é só do Steve Harvey, e tem a ver com a amor e paz, que é o que precisamos neste momento", disse na ocasião. Harvey também não escapou das piadinhas sobre o erro que cometeu em 2015 ao anunciar a representante da Colômbia como ganhadora, quando na verdade a candidata das Filipinas havia vencido. "Na hora que você estiver com um envelope bem importante em mãos, leia atentamente o resultado", brincou umas das 20 semifinalistas.

O vencedor do Grammy NE-YO, conhecido por seus hits Miss Independent, Sex Love, Mad, entre outros, animou a plateia. Nos bastidores, a modelo e ativista Ashley Graham interagiu com as candidatas revelando toda a emoção por trás das câmeras.

Mayra Dias foi a representante brasileira no concurso mundial. Natural de Itacoatiara, município localizado a 271 km de distância de Manaus, a beldade tem 27 anos, é formada em Jornalismo, pós-graduada em Assessoria de Imprensa e Mídias Sociais e foi a segunda amazonense a chegar ao Miss Universo.

Mayra
A brasileira Mayra Dias. Foto: Ralph Smith/Miss Universe


Disputa pela coroa

A competição foi dividida por blocos. Em cada um deles, Steve Harvey anunciou as misses escolhidas pelos jurados por continentes: cinco da África, Ásia e Pacífico; cinco da Europa; cinco das Américas e, por último, para aumentar o suspense, as cinco semifinalistas coringas, de países aleatórios.

Após a escolha das 20 semifinalistas, cada candidata falou o que gostaria que o mundo soubesse a seu respeito. Em seu discurso, a brasileira Mayra Dias lembrou, em inglês, da importância da preservação da Amazônia para a nossa existência.

O espetáculo ainda contou com uma homenagem a Angela Ponce, primeira candidata transgênero do Miss Universo que representou a Espanha. "Esse reconhecimento marca uma época e abre caminhos", afirmou Renata Fan durante a transmissão na Band.

"Não tem como não se emocionar. Eu sei bem como é não ser aceita, passei por isso também", declarou Monalysa Alcântara, Miss Brasil 2017.

Um dos pontos altos da noite foi o desfile de biquíni. Logo em seguida, as 10 semifinalistas percorreram a passarela usando vestidos de gala. Como ocorre todos os anos, apenas as cinco finalistas responderam as perguntas dos jurados, em um dos momentos mais tensos para as candidatas à coroa. Com medo de escorregarem no inglês, algumas optaram por falar em seu idioma de origem, o que é permitido pela organização. 

Depois da escolha das três favoritas, elas voltaram a responder os jurados e, em seguida, desfilarem pela última vez ao som de NE-YO.

Confira as fotos da grande final:

Veja o ranking completo:

Top 20


Miss África do Sul
Miss Filipinas
Miss Nepal
Miss Vietnã
Miss Tailândia
Miss Polônia
Miss Bélgica
Miss Grã-Bretanha
Miss Hungria
Miss Irlanda
Miss Curaçao
Miss Costa Rica
Miss Canadá
Miss Porto Rico
Miss Jamaica
Miss Estados Unidos
Miss Venezuela
Miss Indonésia
Miss Brasil
Miss Austrália

Top 10

Miss África do Sul
Miss Vietnã
Miss Venezuela
Miss Filipinas
Miss Costa Rica
Miss Curaçao
Miss Nepal
Miss Canadá
Miss Tailândia
Miss Porto Rico

Top 5

Miss Porto Rico
Miss Vietnã
Miss Filipinas
Miss África do Sul
Miss Venezuela

Top 5
Foto: Athit Perawongmetha

Top 3

Miss Filipinas
Miss África do Sul
Miss Venezuela

Finalistas
Foto: Athit Perawongmetha


3ª colocada

Sthefany Gutiérrez, Miss Venezuela

2ª colocada
Tamaryn Green, Miss África do Sul

1ª colocada
Catriona Gray, Miss Filipinas