sexta-feira, 24 de março de 2017 - 07h15 / Atualizado em sexta-feira, 24 de março de 2017 - 23h42

Candidata a Miss SP faz pesquisa com células-tronco

Stephanie Proglhof está no último ano da faculdade de Biomedicina

Candidata de São José dos Campos sonha em ajudar as pessoas Foto: Rodrigo Trevisan

| entretenimento@band.com.br

As diferentes profissões das candidatas à coroa de Miss São Paulo BE Emotion serão destaque na 62ª edição do concurso, que irá ao ar neste sábado, dia 25.

Stephanie Proglhof, representante de São José dos Campos, por exemplo, se divide entre a carreira de modelo, o mundo miss e o último ano da faculdade de Biomedicina. Atualmente, a jovem de 23 anos trabalha em uma pesquisa que mostra que as células-tronco são capazes de recuperar o movimento de ratos paraplégicos. “O objetivo é fazer com que, mais para frente, seja possível proporcionar isso a humanos. Meu sonho é ajudar cada vez mais pessoas e trazer de volta a qualidade de vida que elas tinham e que por algum motivo perderam. Se eu chegar a um ponto de pesquisa clínica que resulte de forma positiva, já estarei satisfeita, mas quero muito mais”, disse.

Antes de ser eleita a mais bela de seu município, Stephanie admitiu que tinha outra visão do que era ser miss. “Eu achava que miss era aquela menina certinha, com o corpo perfeitinho, rostinho lindo, sorrisinhos e tida como uma boneca intocável. Hoje eu vejo que uma miss precisa ter personalidade, encarar as coisas de frente, por isso esse tema do empoderamento feminino se encaixou perfeitamente com nosso atual momento”, declarou.

“Sempre fomos reprimidas e induzidas a pensar que éramos inferiores aos homens, mas felizmente este cenário está mudando”, concluiu.

O Miss São Paulo acontece neste sábado, dia 25, com transmissão ao vivo pelo Portal e pela Band a partir das 22h30 direto do Palácio de Convenções do Anhembi, na Zona Norte da capital.

Relembre como foi o desfile de biquíni: