quarta-feira, 25 de maio de 2016 - 15h48 / Atualizado em quarta-feira, 25 de maio de 2016 - 15h54

Não esperava ser miss, diz candidata de Jundiaí

Estudante de engenharia civil, Caren Sibikoski diz viver em uma realidade distante dos concursos

Caren Sibikoski, a Miss Jundiaí, experimenta o maiô que usará no palco do Miss São Paulo BE Emotion Foto: Lucas Ismael/BE Emotion

| entretenimento@band.com.br

Foi uma surpresa, para Caren Sibikoski, Miss Jundiaí, chegar ao Miss São Paulo BE Emotion 2016. “Eu vivo num mundo completamente diferente. Estudo engenharia civil numa classe com 85 homens e apenas 12 mulheres”, conta.

A escolha da profissão está ligada a memórias de infância, época em que visitava construções ao lado do pai, mestre de obras. “Meu passeio aos finais de semana era esse, e eu adorava”.

Estar em um curso superior é um passo além, avalia. O pai, que gostaria de ser engenheiro, estudou até a sexta série e a mãe, até a oitava. Caren é a primeira pessoa da família materna a entrar na faculdade.

“É a realização de um sonho de todos”, afirma a miss, que faz estágio no período da manhã, ajuda os pais em uma loja de materiais de concreto à tarde e estuda à noite.

Ela participou de seu primeiro concurso de beleza há três anos, mas não ganhou. No entanto, há dois meses, os organizadores do Miss Jundiaí se lembraram dela e a convidaram para a seletiva de 2016. E ela foi eleita.

“Nunca fui modelo nem nada. Fui pensando que não iria passar. É um choque estar aqui. Não esperava ser miss”.

A candidata conta que está gostando do clima do confinamento, de muita cooperação entre as concorrentes, segundo ela. “Não é porque estamos competindo que uma vai prejudicar a outra. Estamos no mesmo barco”.

Marcado para o sábado, dia 28, às 22h15, o Miss SP BE Emotion será transmitido ao vivo, com exclusividade, pela Band e o band.com.br. Vote aqui na sua candidata favorita. Você pode colocá-la no top 15.