Ana Paula Padrão: Rafael teve cabeça para aguentar o jogo

Apresentadora do MasterChef Profissionais avaliou a terceira temporada do programa

Ana Paula Padrão definiu como “justíssimo” a vitória de Rafael Gomes na terceira temporada do MasterChef Profissionais. A apresentadora disse ainda que, para vencer esse desafio, é preciso mais do que cozinhar bem. “O Rafael teve cabeça para aguentar o jogo, a competição e a pressão, e segurou o talento dele e deixou isso aparecer mesmo nos momentos de tensão”, afirmou em conversa com o Portal da Band.

Para ela, tanto o campeão quanto o vice, o chef Willian Peters, foram brilhantes ao longo do programa; “mas, talvez o menu do Rafael tenha sido mais coerente. Sóbrio, só que correto, e isso o levou até a vitória.”

Ana Paula destacou também a simpatia de Willian, que conquistou o público. “Ele era o charme, a simpatia, o querido, com um bom humor inacreditável; assim, ele acabou ganhando os outros competidores e a audiência, talvez não tanto pelos seus acertos, embora ele tenha muito talento, mas também pelos seus talentos não-gastronômicos”, avaliou a jornalista.

Embora o público não consiga provar a comida, é fácil se deixar seduzir pelos grandes personagens do MasterChef, na opinião da apresentadora.

“O André [Pionteke], por exemplo, era um dos grandes queridinhos do público e foi embora porque em um determinado momento da competição ficou frágil. Quando tínhamos só seis cozinheiros, e começou a competição mais acirrada, ele ficou com saudades de casa, do filho, e passou a ficar mais desconcentrado na hora de cozinhar. Isso o levou a uma derrota que ninguém esperava”, lembra.

Para Ana Paula Padrão, o barato do programa é justamente esse. “É poder prever a final e ainda assim nos deixarmos seduzir pela simpatia dos competidores.”

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário