Entretenimento

Capitã da PM, Karoline é vencedora do MasterChef 2020: "Policial também é gente, também cozinha”

Stefani Sousa
02/09/2020 • 01:50

Capitã da PM, Karoline é vencedora do MasterChef 2020: "Policial também é gente, também cozinha” Karoline comemora desempenho no MasterChef 2020 Carlos Reinis/Band

Lidar com momentos de pressão não é novidade para a capitã da polícia, Karoline, 37 anos. Talvez por isso, o relógio do MasterChef Brasil 2020 não a tenha assustado tanto. Estar no 8º episódio da temporada, no entanto, diante de três chefs consagrados, fez seu coração balançar. Há 16 anos na carreira militar, seu amor pela profissão é tanto que só compete com a gastronomia, paixão antiga que ganhou força nos últimos anos e a fez ganhar o programa desta terça-feira, 1º de setembro. Depois de um desempenho mediano na primeira prova da noite, ao fazer um carbonara com frutos do mar, a cozinheira preparou, na segunda fase, bacalhau com batatas ao murro e legumes. O resultado não só agradou os jurados, como garantiu elogios da chef Paola Carosella. “Seu prato roubou os nossos corações, não tem uma vírgula que tiraríamos do lugar. Parabéns.”

Veja mais:
- MasterChef 2020: assista ao vídeo e conheça mais sobre os participantes do 8º episódio
- Danielle celebra vitória no MasterChef 2020 com gritos e pedido de demissão: "Chefe, desculpa"
- Largar tudo e viver na praia! Peixeiro em Ubatuba, Maurício do MasterChef conta como tomou a decisão
- Vencedor do MasterChef 2020, Heitor tatua símbolo do programa

Emocionada com a vitória, Karoline celebrou no palco a conquista e aproveitou para homenagear os colegas de profissão. “Por baixo de toda farda tem uma pessoa que gosta de muitas outras coisas”, explicou. Após o término das gravações, a participante enfatizou seu discurso em entrevista ao Portal da Band. “O policial militar é visto como alguém blindado e sem sentimento, mas a minha vitória mostra o contrário. Nós somos pessoas que cuidam de pessoas e estar aqui é mostrar que policial também é gente e gosta de cozinhar”.  

Nascida em São Paulo, Karoline mora há 7 anos no Guarujá, litoral do estado, com o marido, Magalhães, e 5 cachorros que tem como filhos. Em casa, não perde a oportunidade de cozinhar e, quando decide aprender novas receitas, não para até que tudo saia perfeito. “Vou fazendo até que chegue na forma como acho que é e então sigo para um novo desafio. Meu último experimento, por exemplo, foi com pão italiano. Fiz 4 dias seguidos e o meu marido comeu em todas as vezes, ele é a minha cobaia e já engordou 8kg.”

Apesar dos últimos anos, em que passou a cozinhar mais, terem sido decisivos para seu desempenho no programa, o amor da policial pela cozinha é antigo e tem preferências. Tudo começou quando ela ainda morava com os pais e assistia programas de culinária na TV. “Comecei copiando receitas, principalmente de doces, e peguei gosto. Quando ainda estava no colegial, era eu que fazia os pratos diferentes em casa. Minha mãe, excelente cozinheira, preparava o trivial”, explica. 

“Além disso, sempre ao viajar, prestava muita atenção na gastronomia de cada lugar pra tentar fazer igual. Agora, vivendo perto da praia, cozinho muito mais peixe e frutos do mar do que antes”, pontua.  A cozinheira admite que preparar doces é um prazer, mas a alegria mesmo vem de assistir as pessoas comendo e comentando. “Fazer uma comida saborosa e ver que gostaram é o ápice pra mim”, garante a vencedora, que durante anos trabalhou no quartel de bombeiros e até lá dava um jeitinho de cozinhar, no improviso, para os colegas. “Pra mim, não tem pecado melhor do que sentar a mesa, começar uma refeição e só sair de lá ao fim da tarde.” 

Na cozinha do MasterChef, depois da primeira prova, Karoline sentiu na pele a responsabilidade de aproveitar a 2º chance dada pelos chefs e fazer bonito. “Se passei, foi porque gostaram de alguma coisa e queriam ver um pouco mais da minha cozinha.  Entrei na 2º prova confiante e querendo a caixa do México, porque tinha estudado muito, mas receber a de Portugal foi ótimo também”, pontua. 

De agora em diante, a vencedora busca especialização e mira uma possível carreira na gastronomia. “Quero me especializar, aprimorar o que eu sei e aprender muito mais. Em um futuro próximo, desejo  ter um negócio meu, quem sabe uma risoteria ou uma casa de massas. Em um primeiro momento, não pretendo sair da polícia, mas ainda não sei quais portas vão se abrir. O que sei é que o meu coração sempre foi da gastronomia e agora, não consigo acreditar na vitória, quero que alguém me belisque para provar que é real”, finaliza. É tudo seu, Karoline!


receitas
masterchef
capita da pm
karoline
vencedora


Entretenimento

Por que os participantes não conseguem segurar o choro no MasterChef? Especialista explica

Por que os participantes não conseguem segurar o choro no MasterChef? Especialista explica

22/10/2020 • 11:07

Associação Resgatando Cidadania, em Cuiabá, recebe doação de R$ 5 mil do MasterChef

Associação Resgatando Cidadania, em Cuiabá, recebe doação de R$ 5 mil do MasterChef

21/10/2020 • 10:31

Quem ganhou o MasterChef ontem, prato natalino e o que mais foi destaque no 15° episódio

Quem ganhou o MasterChef ontem, prato natalino e o que mais foi destaque no 15° episódio

21/10/2020 • 09:33

Bolo de chocolate, salmão e mais: saiba fazer as 6 receitas destaques no MasterChef

Bolo de chocolate, salmão e mais: saiba fazer as 6 receitas destaques no MasterChef

21/10/2020 • 01:07

Saiba fazer o salmão com molho velouté, vencedor do 15° episódio do MasterChef

Saiba fazer o salmão com molho velouté, vencedor do 15° episódio do MasterChef

21/10/2020 • 01:04

Pedro faz sorvete de lavanda no MasterChef e Paola compara: "Parece sabonete de banheiro"

Pedro faz sorvete de lavanda no MasterChef e Paola compara: "Parece sabonete de banheiro"

21/10/2020 • 00:54