Gosta ou não gosta? Fígado na Caixa Misteriosa divide elenco do MasterChef Brasil

Enquanto Fogaça e Paola gostam da proteína, Jacquin e Ana Paula estão do lado que não gostam


Além de vários ingredientes aparentemente desconexos, a Caixa Misteriosa "labirinto" de Henrique Fogaça para a live do MasterChef Brasil acabou apresentando um ingrediente controverso ao paladar – de brasileiros e estrangeiros.

O fígado bovino é uma proteína com bastantes nutrientes, como ferro, ácido fólico, vitaminas A, B13, B5, B6 e C. Por isso, é bastante comum que mães cozinhem fígado para que os filhos consumam.

"Eu gosto de fígado acebolado, ovo frito e arroz. Maravilha, delícia. Isso eu comia na minha infância. Eu comia quando era adolescente, criança, para ter ferro no sangue", contou Henrique Fogaça durante a live Caixa Misteriosa, o Desafio dos Chefs.

"Minha mãe também me obrigava a comer fígado, mas eu peguei enjoo por causa disso. Quando eu sentia aquele cheiro de fígado pela casa, eu já pensava: 'Nossa, ela vai me obrigar a comer um monte'. Ela fazia fígado acebolado também e eu peguei enjoo por causa disso", explicou Ana Paula Padrão.

Erick Jacquin também tem aversão à proteína. Ao receber a Caixa Misteriosa, ele foi enfático: "Pô, fígado. Eu não gosto de fazer, nem de comer. Eu não vou usar". Já Paola Carosella adorou a opção dada por Fogaça. "Vou usar o fígado, porque eu gosto muito", disse a jurada argentina ao preparar sua receita.

A Caixa Misteriosa, o Desafio dos Chefs é uma live semanal que acontece no canal do YouTube do MasterChef Brasil às quartas-feiras, às 21h. A próxima (e última) live está marcada para o dia 3 de junho e o chef Erick Jacquin montará uma Caixa Misteriosa para desafiar Paola Carosella, Henrique Fogaça e a apresentadora Ana Paula Padrão. A iniciativa é um projeto Vibra, empresa digital do Grupo Bandeirantes de Comunicação, com a Endemol Shine Brasil e Band TV.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário