Mesmo sem sol, protetor solar é importante

Dermatologista ressalta a importância de passar o protetor durante o verão, mesmo se o dia estiver nublado

Segundo o Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), a previsão para o verão, que começa nesta quinta-feira, é de nuvens e chuvas no Rio de Janeiro. As condições atípicas, porém, não diminuem a necessidade de prevenção contra os raios ultravioleta, que causam câncer e o envelhecimento precoce.

Segundo a dermatologista Daniela Lemes Nunes, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, mesmo sem sol, é preciso usar protetor solar e evitar a exposição prolongada ao sol.

"No verão é quando os raios ultravioleta são mais intensos, devido à proximidade da Terra com o Sol, principalmente entre as 10h e às 16 horas. O protetor solar deve ser aplicado diariamente pelo menos 20 minutos antes da exposição ao sol", disse a médica, acrescentando que o suor e a água retiram o protetor, por isso é importante reaplicá-lo a cada três horas.

Segundo estimativas do Inca (Instituto Nacional do Câncer), as expectativas para 2012 são de 65 novos casos de câncer de pele não melanoma para cada 100 mil homens e 71 para cada 100 mil mulheres.

No site do Inpe (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais) é possível ver a incidência diária dos raios ultravioleta. Na segunda semana de dezembro, grande parte do país aparece com incidência desse raio considerada alta e muito alta.

Daniela Nunes explicou que como a exposição solar é cumulativa, é fundamental cuidar desde cedo. "Se a pessoa tomou muito sol desde pequeno durante muitos anos, esse efeito da radiação ultravioleta no DNA celular e na alteração das fibras de colágeno e elastina se somatiza e pode se tornar um câncer de pele mais tarde".

Além do protetor solar, a médica recomenda boné, chapéu ou guarda-sol para proteger orelhas, nuca, nariz e boca, e mesmo mulheres que usam maquiagem com filtro não podem dispensar o protetor solar. "A proteção do filtro da maquiagem será complementar, porque os filtros são baixos", esclareceu Daniela.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário