Projeto de lei reduz preço do protetor solar

Com a isenção de alguns filtros de cobrança, o produto ficará 10% mais barato

O Senado aprovou o projeto de lei que isenta os filtros de cobrança do PIS (Contribuição para os Programas de Integração Social), Pasep (Formação do Patrimônio do Servidor Público) e Cofins (Contribuição para o Financiamento da Seguridade Social), o que deve levar a uma redução de 10% no preço do produto.

Segundo a Agência Senado, o projeto reduz a zero as alíquotas incidentes sobre a importação dos protetores e sobre a venda do produto nacional no mercado interno. A proposta ainda será analisada pela Comissão de Assuntos Econômicos e depois será encaminhas à Câmara dos Deputados.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário