Trump diz que Madonna é repugnante

Presidente não gostou do discurso da cantora na Marcha das Mulheres

O discurso de Madonna na Marcha das Mulheres em Washington, no dia 21 de janeiro, continua dando o que falar.

Dessa vez, o próprio presidente dos Estados Unidos criticou o pronunciamento da cantora, que afirmou na ocasião: "Sim, eu pensei em explodir a Casa Branca, mas eu sei que isso não mudaria nada. Nós não podemos cair em desespero". A frase da artista foi tirada fora de contexto e repercutiu mundo afora.

Em entrevista ao jornalista Sean Hannity, da Fox, Donald Trump foi duro com Madonna. "Honestamente, ela é repugnante. Acho que ela se machucou muito, acho que ela machucou toda essa causa", falou, referindo-se à marcha que aconteceu na capital americana em prol dos direitos das mulheres.

Trump ainda disparou: "O que ela disse foi uma vergonha para o nosso país". Durante a entrevista, ele também criticou o programa de comédia Saturday Night Live, no qual o ator Alec Baldwin imita o presidente. 

Confira também
Madonna se defende após discurso polêmico
Madonna visita o Malaui e descarta nova adoção

Você viu?
Madonna pode ser presa por acusação de terrorismo


 



Compartilhar