Ex-coordenador da Miss Brasil 2004 lamenta morte

Evandro Hazzy recebeu a notícia com muito pesar

O mundo miss está em luto após a notícia da morte de Fabiane Niclotti, de 31 anos. A Miss Brasil 2004 foi encontrada sem vida na noite dessa terça-feira, dia 28, na casa onde morava no Jardim Boa Vista, em Gramado, na serra gaúcha.

Segundo informações da Polícia Civil, o irmão da modelo acionou os agentes após não conseguir contato com ela. No local não foram encontrados sinais de violência, apenas cartelas de medicamentos - algumas vazias - em uma bolsa.

Em entrevista ao Portal da Band, Evandro Hazzy, que foi coordenador da modelo na época do concurso e virou seu amigo pessoal, lamentou a perda. "Estou em choque, à base de remédios. Nunca imaginei isso", disse.

De acordo com ele, Fabiane era uma jovem calma, atenciosa e preocupada com todos à sua volta. Em 2003, ela desbancou mais de 80 meninas no Miss Rio Grande do Sul. "Naquela época o concurso tinha mais concorrentes. Ela foi uma das primeiras misses da era Band e a minha terceira Miss Brasil. Não quero acreditar que isso tenha acontecido".

No mesmo ano em que a gaúcha conquistou a coroa, a atriz Grazi Massafera ficou em terceiro lugar representando o estado do Paraná. "A Fabi sempre esteve entre as favoritas. Era lindíssima, 1.81 m, olhos verdes. Muitos a comparavam com a atriz americana Lynda Carter", lembrou Hazzy.

Apesar da beleza, ela não chegou a se classificar entre as semifinalistas no Miss Universo 2004, que deu a vitória à australiana Jennifer Hawkins.

Atualmente, Fabiane atuava com advogada e fazia parte de um partido político.

A polícia está investigando a morte da Miss Brasil 2004:


Reveja fotos da beldade:

Você viu?

Miss Nicarágua 2014 morre de câncer aos 22 anos

Yumara Lopez

Compartilhar