Fui 100% eu dentro do Exathlon, diz Nina Monteiro

Nutricionista saiu do reality mais difícil da TV com dois desejos: comer e ligar para a família

Após ser indicada para À Deriva por Vance Poubel, a nutricionista Nina Monteiro nadou, nadou e morreu na praia nesta terça-feira, dia 5. A participante foi a décima-primeira competidora a deixar o Exathlon Brasil, o reality show mais difícil da televisão.

"Com certeza foi a maior e melhor experiência da minha vida. Será algo que eu vou me lembrar até o último dia. Toda experiência que eu tive aqui dentro, eu quero colocar em prática lá fora. Cada pessoa que eu conheci, me passou alguma coisa boa que eu consegui construir essa nova Nina", disse ao Portal da Band.

"Eu não foquei só no prêmio, porque eu sei que neste momento eu estaria muito frustrada. Eu foquei na experiência de vida, em conhecer pessoas e em curtir ao máximo esse lugar. Acordar para ver o sol nascer e o pôr do sol também. Ver estrelas, ver a lua, ver tudo. Tomar baho de mar quase todos os dias foi extremamente incrível. Eu não consigo mensurar", completou.

Saindo durante uma maré de derrotas consecutivas dos Guerreiros, Nina acredita que Carol Almeida, Jorge Goston e Vance Poubel podem virar o jogo contra os Heróis. "Tenho certeza que eles vão conseguir virar porque antes a gente não estava entendendo muito bem o que estava acontecendo. Percebemos que estava faltando um pouco daquela energia de gritar antes da prova – não para poder desestabilizar os Heróis, mas pela gente. Isso dava mais energia para gente", explicou.

"Tenho certeza que os três Guerreiros que ficaram vão manter esse energia e espero, se Deus quiser, ver os três lá na final. Esse pedido partiu do Renato [Nicoli], que pediu para a gente continuar com a gritaria. E a gente continuou porque viu que estava dando super certo", disse ainda a nutricionista.

Sempre falando em uma "nova Nina", a participante eliminada disse o que mudou na sua vida. "Anes de entrar no Exathlon Brasil, eu era muito focada em redes sociais. Eu curtia muito a natureza, só que passava mais tempo fazendo vídeo e foto do que curtindo a natureza em geral. Lógico que eu vou ter qe voltar para as minhas redes sociais, porque isso é um trabalho, mas quero também separar um tempo para fazer foto, fazer vídeo e poder curtir o momento", contou.

"Fora isso, eu também era muito louca com organização e com limpeza. Eu era muito 'cri cri' com algumas coisas e eu descobri que eu não preciso ser tão chata em relação a isso. Eu consigo viver sem ficar reclamando da limpeza e da organização. Tudo caminha do mesmo jeito", revelou.

Com um jeito espevitado, a nutricionista disse que viveu o Exathlon Brasil intensamente. "Fui 100% eu dentro do programa. Essa Nina que é extremamente moleca, chorona e atrapalhada para caramba. Eu sei que, mesm ocom o joelho machucado, eu estava tentando subir em cima da casa, pegando peça no Vance. Aprontei muito, mas essa sou eu. Sou uma 'mininota'. Eu nem me preocupo em amadurecer, porque eu tenho o resto da vida para fazer isso. Quero continuar com essa cabeça de criança, de adolescente, e amadurecer quando eu for mais velha", garantiu.

Já sobre competir com o joelho machucado, a participante acredita que o resultado foi positivo. "Normalmente no percurso eu ia muito rápido e conseguia chegar até à frente das meninas dos Heróis. Só que, na hora de finalizar, eu me desconcentrava e chegava tão ofegante que eu não finalizava bem. Depois que me machuquei, vi que o percurso era importante, mas não tanto. A finalização era o que importava. Então, eu consegui respirar mais para chegar à finalização e consegui concluir, trazendo pontos para o meu time", disse.

Muito elogiada pelos Heróis, a nutricionista falou da admiração por alguns e o desentendimento com o surfista Pedro Scooby durante a prova da Arena no novo circuito branco. "Eu nem acreditei quando vi os Heróis, era muita gente ali que eu era fã como a Maurren [Maggi]. O Scooby, eu conheço a história dele há muito tempo. E não tenho nenhuma mágoa. Pouco tempo dpeois ele veio conversar comigo e disse que, infelizmente, a situação acabou colocando meu nome no meio da discussão. Ele é um fofo", revelou.

"Acho que o Scooby foi uma das primeiras pessoas a falar que eu tinha que respirar bastante antes de finalizar. Quando ele falou isso, foi quando eu comecei a acertar a mira de tudo. Pouco tempo depois, eu me lesionei. Mas ele foi uma das primeiras pessoas a entender o que eu estava fazendo de errado ao concluir o circuito", afirmou.

Após a eliminação, Nina revelou o que estava ansiosa para fazer: "A primeira coisa que eu farei, com certeza, é me entupir de comida. Eu vou acabar com a comida da República Dominicana. Eu perdi mais de 8 kg e vou recuperar isso em um dia. Eu vou comer muito. E, assim que puder, vou ligar para a minha família e para o meu namorado. Estou morrendo de saudade de todo mundo", finalizou.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário