Os Heróis tem que ter medo de mim, garante Nina

Viciada em atividades físicas, a nutricionista diz que não tira férias dos esportes e será imbatível

A nutricionista Nina Monteiro não se mostrou nem um pouco intimidada ao descobrir que competira contra nomes de peso, como Giba, Maurren Maggi, Dani Hypólito e Marcel Stürmer – atletas que já representaram o Brasil em competições internacionais. De acordo com a competidora, eles são quem devem temê-la.

"Eu treino bastante, do mesmo jeito que eles treinam, mas eu sou determinada. Eu me alimento direitinho. Estou treinando todos os dias e eu treino sempre. Os atletas tiram férias, descansam, mas eu não. Eu treino todos os dias. Não sou eu que vou ter medo deles, os Heróis é que tem que ter medo de mim", garantiu ao Portal da Band.

Segundo Nina, ela se inscreveu no Exathlon Brasil por influência de seus amigos. "Eles disseram que o reality é minha cara, principalmente porque eu sou muito competitiva. Não tenho medo de nada, nem de bicho, nem de situação extrema. Meu único problema seria a alimentação. Eu tenho algumas frescuras. Não gosto de comer fígado, língua de boi, dentre outros, mas falta de alimento não me preocupa", contou.

Dentre os esportes que pratica, a nutricionista acredita que o Crossfit é atividade que mais vai lhe ajudar. "Eu ando de skate, patins, faço slackline e stand up paddle. Acho que o Crossfit pode me dar mais vantagem porque é uma atividade muito completa e de alta intensidade, mas tem outras pessoas que fazem Crossfit também. Já o slackline e o stand up paddle vão me trazer equilíbrio", explicou.

Por enquanto, a única preocupação da Guerreira é se for mal durante os desafios. "Eu sou muito destemida e muito focada. Já a parte competitiva pode ser muito boa, mas também pode ser muito ruim porque imagino que eu vá ficar chateada se eu perder – e isso pode afetar a minha cabeça e o meu desempenho. Perder uma prova pode afetar meu estado psicológico", finalizou.

Conheça os pontos fortes e fracos da equipe Guerreiros

guerreiros

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário