Conheça os pontos fortes e fracos dos Guerreiros

Integrantes listaram suas qualidades positivas e negativas para participar do Exathlon Brasil

O reality show Exathlon Brasil começa na próxima segunda-feira, dia 25, mas os competidores já estão se preparando para as provas e desafios que os esperam na República Dominicana.

Em entrevista ao Portal da Band, os integrantes da equipe Guerreiros listaram seus pontos fortes na competição e os pontos fracos, que tentarão superar para conquistar o prêmio de R$ 350 mil. Confira:

Carolina Almeida, engenheira de produção

Carolina Almeida, engenheira de produção

"Pela minha formação em engenharia, acredito que vou ser um pouco mais estratégica e ter um olhar mais analítico. Já meu pronto fraco pode ser algum esporte que eu não pratique. Tem muitos caras que correm maratonas e eu nunca corri maratona na vida. E pode ser que eu não seja a melhor pessoa em provas de extrema resistência".

Jorge Goston, professor de Crossfit

Jorge Goston, professor de Crossfit

"Meu ponto forte será a minha determinação. Eu sou muito determinado no que eu faço. Já meu ponto fraco é a minha insegurança. Às vezes eu acho que eu estou aquém de alguém ou de alguma coisa".

Juliana Findikoglu, modelo

Juliana Findikoglu, modelo

"Confiança em mim mesma, força e facilidade de viver em ambientes naturais sem confronto e dificuldade extrema. O ponto fraco seria minha ingenuidade e perder, porque não gosto de perder"

Kauane Ribeiro, professora de Taekwondo e Circo

Kauane Ribeiro, professora de Taekwondo e Circo

"Minha estratégia será meu ponto forte. Eu tenho uma visão do antes, consigo traçar estratégias. Sou uma pessoa bem estrategista. E o emocional deve ser o meu ponto fraco. E a questão da higiene também, porque eu sou uma pessoa muito vaidosa".

Miguel Benedetti, segurança

Miguel Benedetti, segurança

"Vou saber lidar com o ambiente. A dificuldade que vamos ter lá não é para qualquer pessoa. Eu tenho um grande conhecimento de natureza, então é um ponto em que eu vou me sair bem. O ponto negativo será a parte social, em equipe. Eu nunca fui ficar de esperando o que a outra pessoa ia fazer, sempre fui um cara muito individual. A partir do momento que você é individualista, você se preocupa só com você".

Nick Pirola, vendedor

Nick Pirola, vendedor

"Eu acredito que o equilíbrio emocional, o planejamento, o foco e o companheirismo serão meus pontos fortes no Exathlon. Não sei qual será o meu ponto fraco, mas nós todos estaremos bem debilitados e vamos precisar manter o psicológico forte. Então, talvez isso possa derrubar muita gente, inclusive a mim".

Nina Monteiro, nutricionista

Nina Monteiro, nutricionista

"Eu sou muito destemida e muito focada. Já a parte competitiva pode ser muito boa, mas também pode ser muito ruim porque imagino que eu vá ficar chateada se eu perder – e isso pode afetar a minha cabeça e o meu desempenho. Perder uma prova pode afetar meu estado psicológico".

Renato Nicoli, modelo

Renato Nicoli, modelo

"Eu estou acostumado a dormir no meio do mato, eu acampo na minha cidade. Estou acostumado a praticar jejum, então comida não deve ser um problema também. Estou pronto para qualquer desafio. Vou até o meu limite. Acho que eu só teria medo se me mandassem pular de paraquedas".

Sul Rosa, vendedora e corredora

Sul Rosa, vendedora e corredora

"Meu ponto forte é a persistência. Sou muito insistente e muito persistente. Corro atrás do que eu quero, no que eu busco. Para mim, desistir de algo é muito difícil. Já meu ponto fraco é que eu sou teimosa".

Vance Poubel, professor de Parkour

Vance Poubel, professor de Parkour

"Por causa do Paurkor, eu tenho que lidar com riscos mais intensos – desde tomar um tiro de um segurança até uma parede quebrar. É outra responsabilidade sobre o treino e outra forma de relação com o risco. Então, acho que vai ser uma vantagem em relação aos atletas de elite, que estão focados mais em resistência. Agora a sociabilidade vai ser meu ponto fraco. Eu sou ridiculamente antissocial. Eu não bebo álcool, eu não saio à noite e eu acho todo mundo chato".

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário