Psicóloga recomenda sexo virtual em tempos de quarentena

Tati Presser, do Aqui na Band, deu dicas para manter os relacionamentos durante a crise do coronavírus

A psicóloga e terapeuta sexual Tati Presser recomendou que, em tempos de quarentena pelo coronavírus, os solteiros apostem no sexo virtual como alternativa às relações sexuais tradicionais.

“Vamos ter que difundir a prática do sexo virtual, porque a ordem é de isolamento, então acaba sendo bem mais seguro”, disse a especialista no Aqui na Band.

Para os casados, que vão ter que conviver 24 horas por dia durante o período de isolamento, a terapeuta falou como os casais precisam se adaptar para não deixar o relacionamento esfriar nem que as brigas tomem conta da casa.

“A falta dos hábitos tira a gente do nosso prumo. A ansiedade de não saber o que vai acontecer acaba saindo como uma frustração. A gente tem que começar a cuidar do relacionamento com muito mais carinho”, frisou a psicóloga.

Tati Presser chamou atenção para que os casais não se estranhem durante a quarentena, e ressaltou que os solteiros evitem usar os aplicativos de encontro até que a crise do coronavírus passe.

Compartilhar

Ler a notícia completa

Deixe seu comentário