Apresentadores


Luís Ernesto Lacombe

Luís Ernesto Lacombe

Luís Ernesto Lacombe começou a carreira como estagiário da TV Bandeirantes do Rio de Janeiro, em 1988. Ao longo da carreira, passou 20 anos na Rede Globo, participou de grandes coberturas e dedicou boa parte dessa experiência ao mundo do esporte. Em 2017, voltou para a Band para comandar um reality show. Para ele, apresentar um programa de variedades é um novo desafio. “Minha experiência no jornalismo, no jornalismo esportivo e na apresentação de um reality, sem dúvida, vai me ajudar muito”, diz.

Veja a seguir fatos e curiosidades sobre o apresentador:

1. Lacombe praticou vários esportes, desde os quatro anos de idade, quando começou a nadar. Também fez judô, jiu-jítsu, vôlei, basquete e tênis. A modalidade que levou mais a sério foi a vela. Federado pelo Clube Naval do Rio, ele participou de regatas nas classes Laser, Hobie Cat 16 e Soling.

2. Neto do historiador e imortal da Academia Brasileira de Letras Américo Jacobina Lacombe, Luís Ernesto é apaixonado por literatura. Ele cresceu na biblioteca do avô, que tinha cerca de 30 mil exemplares. Lacombe tem quatro livros publicados, sendo dois infantis. “É aí, bicho?”, lançado em 2010 pela Escrita Fina Edições, é best seller.

3. Lacombe é cunhado de um campeão olímpico. Carlão, capitão da Seleção Brasileira de vôlei que conquistou o ouro nos Jogos de Barcelona, em 1992, é casado com a irmã mais velha do jornalista.

4. O último sobrenome de Luís Ernesto Lacombe é Heilborn, o mesmo do jornalista Paulo Francis e do músico George Israel, do Kid Abelha. O avô paterno dele era um judeu alemão que veio para o Rio de Janeiro em 1934, já fugindo do nazismo. Graças a este avô, que chamava-se Ernst, Lacombe tem dupla cidadania: é brasileiro e alemão. A história da parte judia da família foi contada por Luís Ernesto em seu último livro: “Cartas de Elise - uma história brasileira sobre o nazismo”, lançado em 2016 pela Tinta Negra Bazar Editorial.

5. Lacombe é casado há 26 anos com a ex-modelo gaúcha e consultora de moda e estilo Gisa Colombo. O casal tem dois filhos: Pedro, de 21 anos, e Bruno, de 18.

6. Antes de se formar em jornalismo, ele cursou outras três faculdades. Foram dois anos de Processamento de Dados, o que hoje se conhece como Tecnologia da Informação, na PUC do Rio, e um ano de Estatística, na Uerj (Universidade do Estado do Rio de Janeiro). Depois, Lacombe ainda estudou Psicologia, por apenas um ano, também na PUC carioca.

7. Dos 31 anos de carreira em televisão, Lacombe passou 20 na Rede Globo, mas — pouca gente sabe — ele começou sua carreira como estagiário da TV Bandeirantes do Rio, em 1988. Depois de formado, virou repórter e apresentador do jornal local da emissora. Trabalhou também na extinta Rede Manchete e na RBS TV de Florianópolis, hoje NSC.

8. Nos cinco anos em que foi apresentador da GloboNews, Lacombe viveu momentos muito tensos. Em 2001, ele estava ao vivo no estúdio, já informando sobre o avião que tinha atingido uma das torres do World Trade Center, quando a segunda torre foi atingida por outra aeronave... Nesse dia, ele permaneceu no ar, ininterruptamente, por cerca de sete horas. Na GloboNews, o apresentador também participou da cobertura da Guerra do Kossovo, do Afeganistão e do Iraque.

9. Lacombe trabalhou com hard news por 15 anos, até migrar para o jornalismo esportivo em 2003. No esporte foi apresentador, editor e repórter. Também trabalhou como narrador e, nessa função, “conquistou” um pódio olímpico completo... Em 2008, nos Jogos de Pequim, narrou a prata de Robert Scheidt e Bruno Prada na vela, na classe Star. Em 2016, no Rio de Janeiro, narrou o bronze do judoca Rafael Silva, o Baby, e o ouro de Martine Grael e Kahena Kunze na vela, na classe 49er FX.

10. Lacombe foi o apresentador do reality show “Exathlon Brasil”, na Band – gravado no Caribe, exibido em 2017.

Topo

Logotipo do Grupo Bandeirantes

Rua Carlos Cyrillo Jr, 92 - São Paulo - SP