Avalanche deixa 50 mortos no Afeganistão

Outras 145 pessoas estão desaparecidas em pequena localidade na província do Badaquistão

Cerca de 50 pessoas morreram e 145 são consideradas desaparecidas, "supostamente mortas", em uma avalanche no nordeste do Afeganistão, submetido a um inverno excepcionalmente duro, anunciou a ONU neste sábado.

"Esta tragédia é provavelmente a maior de uma longa série em um futuro próximo. As fortes quedas de neve não causarão apenas avalanches, mas também, em algumas semanas, inundações severas em diversos lugares do país", comentou Michael Keating, coordenador humanitário da ONU, em um comunicado.

A avalanche, provocada por um desgelo após dias de nevascas, cobriu a pequena localidade de Dispay, na província montanhosa do Badaquistão, onde vivem 199 pessoas, segundo a Escritório de Coordenação Humanitária para o Afeganistão (OCHA, em inglês).

O inverno de 2012 é o mais forte enfrentado pelo Afeganistão em cerca de 15 anos. Mais de 90 mortes ligadas às condições climáticas foram registradas apenas no Badaquistão, de acordo com uma contagem da AFP, incluindo 35 crianças mortas com pneumonia em dois dias no final de fevereiro.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário