Tamanho de fonte
Atualizado em quarta-feira, 17 de maio de 2017 - 21h25

House of Cards ironiza em tuite após delação da JBS

Série comentou atual situação política do Brasil nas redes sociais
Kevin Spacey interpreta o personagem principal na série House of Cards, na Netflix / Divulgação/Netflix Kevin Spacey interpreta o personagem principal na série House of Cards, na Netflix Divulgação/Netflix

Prestes a estrear sua nova temporada, os perfis da série House of Cards da Netflix nas redes sociais aproveitaram para comentar a delação premiada feita pelos donos da JBS, os empresários Joesley e Wesley Batista, divulgada nesta quarta-feira pelo jornal O Globo.

"Tá difícil competir", afirmou o perfil oficial do seriado no Twitter. "Nova temporada, só em 30 de maio", complementou o perfil oficial da atração no Facebook. Em poucos minutos, as postagens tiveram milhares de interações com internautas brasileiros.

 

 

Essa não é a primeira vez que a série House of Cards – que retrata a ascensão do político Frankie Underwood à Casa Branca através de meios nada convencionais e manobras políticas – utiliza momentos da crise política brasileira para promover seus episódios.

Em 16 de março de 2016, as redes sociais do seriado da Netflix comentaram as notícias políticas brasileiras, pois o ex-presidente Luís Inácio Lula da Silva havia sido nomeado Ministro da Casa Civil e posteriormente foram divulgados áudios de conversas entre Lula e a então presidente Dilma Rousseff pelo juiz Sérgio Moro, da Polícia Federal.

"Vendo o noticiário do Brasil hoje", escreveu o perfil, em tradução livre com uma imagem em que o personagem interpretado por Kevin Spacey apenas rindo sarcasticamente. No dia 4 de março, eles também imitaram a carta escrita pelo então vice-presidente Michel Temer à Dilma Rousseff, pouco antes do processo de impeachment.