Tomei até calmante para aguentar a pressão, diz participante

Aline não gostou de ouvir de Jacquin que ela não merecia ter um restaurante

Aos 37 anos, a gaúcha Aline é responsável por administrar, servir mesas, fazer compras, jornadas duplas, enfim, aguentar a pressão do restaurante Dedo de La Chica, localizado na Vila Madalena, há cerca de 4 anos. 

No entanto, as críticas de Jacquin golpearam a empresária, que precisou ser medicada no primeiro dia de gravação para aguentar os próximos quatro que passaria ao lado do chef. “Tive que tomar um calmante para relaxar, chorava. Fiquei acabada ouvindo ele dizer ‘você não merece ter esse restaurante'. Pensava: ‘Eu trabalho mais de 12 horas, mereço sim! Se faltava alguma coisa para eu falir, agora ferrou’”, revela ela em entrevista ao Portal da Band.

A jovem herdou o negócio quando ela e o ex-marido, Lauro se separaram, e desde então tem aprendido na raça o que é ter um empreendimento gastronômico. Ela, inclusive, foi ao México duas vezes para buscar referências visuais e culinárias. "Aprendo tudo de olho, vendo o outro fazer", conta.

A relação entre o ex-casal, que tem uma filha, é admirável, já que um colabora com o outro. “Temos uns atritos, mas sempre que ele está em São Paulo ele me ajuda (o empresário mora em Santa Catarina). Sei que posso contar com ele e ele comigo. A gente se gosta”, afirma.

Quando está na capital, Lauro costuma dormir no próprio restaurante, que possui um escritório com cama – fato questionado pelo chef durante exibição do programa. “É um espaço que gosto de ter, pois ajuda quando trabalhamos no almoço e no jantar, e ele usa [o local] sim quando está aqui”, conta aos risos deixando claro que o ex também frequenta sua casa e até dorme lá quando necessário.

Apesar de não ter débitos, Aline tem enfrentado um período difícil com o estabelecimento, que com 13 anos de vida, já lhe rendeu muitas alegrias, como a compra do primeiro imóvel. Apesar de seu esforço, ela reconhece suas impedimentos no ramo.

“Tenho clientes, mas estamos com um déficit [no orçamento]. Atribuo isso também ao meu lado amador. Não tenho dívidas, mas também não tenho dinheiro. E é aquilo, dinheiro faz dinheiro”, conclui ela esperançosa com a exibição do reality show comandado por Erick Jacquin.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário