Jacquin é um chato do bem, diz dono de restaurante

Proprietário garante que não existem mais baratas em seu estabelecimento

Considerado o mais calmo do restaurante, Gilson Júnior, 26 anos, deu um susto nos colegas e até mesmo em Jacquin por conta de uma crise de pressão alta durante as gravações do Pesadelo na Cozinha no Nahamalho.

“Meu psicológico estava preparado, mas pensa: você está em uma cozinha toda suja e aí chega o Jacquin, o cara chato do bem, que mostra tudo que está errado, como funciona o trabalho e como você deve fazer naquele exato momento. A tensão do chef pesou. Mas repetiria tudo de novo”, garante Gilson.

Com o sonho de finalizar o curso de gastronomia, o caçula dos três sócios (ainda tem o sushiman Anderson e o administrador João Paulo) comemora o primeiro passo: ter participado de um reality show coordenado pelo chef francês.

“Quando eu ia imaginar que receberia uma consultoria do Jacquin em um restaurante meu? Compramos o ponto faz três meses apenas, venho de um bairro periférico e via isso acontecendo [participação na TV] com os outros, não comigo”, conta o jovem que ainda disse comparou sua situação com a do chef. "A única diferença é que o MasterChef apareceu para ele e o Pesadelo para gente". 

Após o vexame com a barata e também com o corrimão da escada solto (que quase provocou a queda de um cliente), Gilson reconhece a responsabilidade de converter as críticas negativas ao favor de seu estabelecimento.

“Foi vergonhoso, nojento o Jacquin ter encontrado uma barata na nossa cozinha, assumo. Mas hoje, posso garantir que não existe nenhum inseto no restaurante. Estamos nos cobrando mais profissionalmente. Todos, inclusive, estão convidados para conhecerem nossa cozinha. Com o cardápio novo, fidelizar o cliente é nosso desafio”, diz ele, que viu o movimento aumentar durante o horário do jantar após as mudanças realizadas pelo Pesadelo na Cozinha.

Sobre o garçom Fabiano -- que protagonizou uma briga com Anderson--, Gilson explica que durante as gravações ele teve conjuntivite e depois preferiu não retornar ao trabalho. "Não mandamos ele embora, ele conseguiu outro emprego", se limitou a explicar.

Veja fotos do quarto episódio:

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário