Tamanho de fonte
Atualizado em segunda-feira, 2 de abril de 2012 - 16h42

Cantor Michael Bublé ofende público carioca

Em apresentação no Rio, o canadense esqueceu que algumas fãs entendem inglês
Michael Bublé se apresenta em turnê pelo Brasil / Rich Lam/AFP Michael Bublé se apresenta em turnê pelo Brasil Rich Lam/AFP

O que era para ser uma noite inesquecível para algumas fãs, se tornou algo para ser esquecido pra sempre. O cantor, compositor e ator canadense Michael Bublé se apresentou no último sábado, dia 31, no Rio de Janeiro durante a turnê Crazy Love World Tour.  O show fazia parte da divulgação do álbum Christmas, de 2011.


Com a casa lotada (mais de 90% da plateia composta por mulheres - os 10% restantes era de maridos que acompanhavam suas esposas) Bublé deu inicio ao espetáculo comunicando suas fãs que agora estava casado (pela terceira vez com a mesma mulher). Uma chuva de “ahhhh” e “uhhhh” tomou conta do HSBC Arena, na Barra da Tijuca. Para “responder” as fãs que não gostaram da notícia, o cantor não pensou duas vezes e mostrou o ofensivo dedo do meio as moças que pareciam não acreditar na reação de seu ídolo.

O músico cantou "Crazy Love", "Georgia On My Mind", "Haven’t Met You Yet" e também os hits "Everything", "Me and Mrs. Jones" e "Home".

Bublé arriscou ainda um trecho de "Billie Jean", do rei do pop Michael Jackson, com imitação do astro, colocou o público para dançar com "Twist and shout", dos Beatles, e também cantou trecho de "A whole in new world", musica tema do desenho animado Alladdin.

Num raro ato de simpatia, logo após a primeira canção, ele se ocupou de ler todos os cartazes ao seu alcance. Um deles trazia a frase "eu só não te encontrei ainda" em inglês, referência a canção "Haven’t met you yet", e Bublé acabou convidando a fã para encontra-lo no palco.

A sequência de deselegância às fãs não parou por aqui. Ao apresentar a banda, Bublé resumiu seus integrantes dando apenas nome e preferências sexuais das mais desnecessárias. Entre uma canção romântica e outra, Bublé fez uma banana às fãs que pagaram mais para estar ali na frente, bem pertinho de seu ídolo.

Realmente uma ofensa ao público que não pagou barato para vê-lo. Aliás, isso Bublé fez questão de ressaltar: encerrou o show agradecendo aquelas que “compraram ingressos com muito esforço”. Realmente a cavalheirismo do moço só fica nas belas letras das canções que canta.

Carreira

Michael Steven Bublé já ganhou diversos prêmios, incluindo três Grammys e vários Juno Awards. Seu álbum de 2003 alcançou o Top 10 no Canadá, Reino Unido e Austrália. Bublé obteve sucesso comercial nos EUA com o álbum It's Time, impulsionado pelo hit Home.

No cinema, Michael participou dos filmes Duets (2000), Totally Blonde (2001), The Snow Walker (2003), Las Vegas (2005) e Da Kath & Kim Code (2005).

Nesta segunda-feira, dia 2, o cantor faz o segundo show em São Paulo. O primeiro, no domingo, o cantor fez questão de dizer aos paulistas "I don´t give an ass to Rio de Janeiro". A plateia adorou. A apresentação acontece no Via Funchal e tem todos os ingressos esgotados.