É uma montanha-russa de emoções, afirma Angélica

Ex-publicitária afirmou que está satisfeita com o desempenho e que sai feliz

Angélica Vitali viu a sua situação mudar drasticamente dentro do MasterChef Profissionais. Depois de ser o destaque positivo na prova da escultura de chocolate na última semana, a ex-publicitária errou a mão no preparo do quibe de cordeiro assado e acabou eliminada do talent show nesta terça-feira, dia 10.

“Aqui é uma montanha-russa de emoções. É muito intenso. Num momento você está muito feliz, no outro você já está triste. No episódio passado, que eu fui destaque, em um minuto eu estava muito feliz e no minuto seguinte eu estava chorando porque a Mirna, uma pessoa muito querida, tinha saído. Então, são muitos sentimentos em um espaço muito curto de tempo”, afirmou em entrevista ao Portal da Band.

“Não me arrependo nem um pouco de entrar no MasterChef, acho que eu atingi os meus objetivos aqui e conheci chefs maravilhosos. Apenas não queria sair no começo do programa. Gostaria de ter ido um pouco mais longe também, mas saio feliz. Estou satisfeita com meu desempenho”, completou.

A cozinheira reconheceu que as críticas dos chefs Erick Jacquin, Paola Carosella e Henrique Fogaça sobre a sua receita tinham fundamento. “Se eu pudesse voltar atrás, eu teria feito o mesmo prato, mas teria picado a carne na ponta da faca ou então teria usado mais farinha para dar a consistência certa”, explicou.

“Quando eu descobri que teríamos que cozinhar com especiarias, eu não fiquei tensa. Fiquei esperando para descobrir com o que eu iria cozinhar, que no caso foi cominho. Logo que experimentei, lembrei da cozinha do Oriente Médio, fui por esse caminho, quis fazer um kibe, algo do tipo. Quando cheguei no mercado, achei um carré de cordeiro e peguei. Eu tinha muitos processos, precisava picar a carne, fazer um molho azedo, um molho [inteligível], um pão. Para ganhar tempo, piquei a carne no processador e ela ficou muito fina. E a farinha de trigo que temos aqui, é muito boa, mas ela é muito fina”, concluiu.

Na primeira prova do episódio, os participantes receberam o chef Jun Sakamoto e divididos em trios precisaram limpar, cortar e preparar receitas com peixes. Angélica trabalhou ao lado de Monique Gabiatti e Lubyanka Baltar. Apesar de acabar na eliminação, ela aprovou o trabalho do seu grupo.

“A primeira prova foi maravilhosa. Foi uma guerra e quase chegamos lá. Sabíamos que seria difícil, pois temos chefs com mais experiência em peixaria, mas lutamos bastante. Conseguimos dois pontos. Foi um prazer cozinhar para o Sakamoto”, argumentou.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário