Já não sabia mais o que fazer, lamenta Leonardo

Participante disse que seu repertório para preparar carne de rã era bastante limitado

Não foi uma, mas sim três provas (rápidas) de eliminação que levaram Leonardo Santos a deixar o MasterChef Brasil na noite desta terça-feira, dia 1º. O desconhecimento do ingrediente e o repertório limitado acabaram levando ao participante de Ribeirão Preto a deixar à competição após a avaliação de Henrique Fogaça, Paola Carosella e Erick Jacquin.

"Minha principal dificuldade foi aprender a lidar com o ingrediente e criar uma receita em 25 minutos. Quando eu vi que era rã, eu me lembrei de quais eram os parentes mais próximos. Então, escolhi champignon e alho. Foi o caminho que eu segui a princípio, mas não rolou", contou Leonardo ao Portal da Band.

"O meu repertório se estendia a champignon e alho, então eu não tinha mais para onde ir. Na segunda tentativa, peguei tomate, manjericão e salsinha. Saí da França e fui para a Itália. Mas fui pior ainda, na avaliação dos chefs", continuou.

"Na etapa final, o que me atrapalhou foi a Deborah ser melhor, porque meu prato estava bom", disse aos risos. "Saio menos triste por sair com um prato bom e por não ser eliminado com alguma coisa que eu domino. Pelo menos eu fui eliminado por algo que eu não tenho conhecimento", completou.

Para Leonardo, o seu ápice na competição foi durante a prova de Emmanuel Bassoleil. "Reproduzir um prato do Bassoleil e ser julgado positivamente por ele, em um prato mais velho que eu, foi o meu ponto alto", afirmou.

O cozinheiro amador também contou que vai continuar no mundo da culinária e revelou sua torcida no MasterChef, agora que deixou a competição. "Tenho vários projetos para tocar, várias propostas. Vou decidir o que é melhor para mim e seguir a minha vida", disse. "Estou torcendo pela Deborah [Werneck] e pelo Valter [Herzmann]", finalizou.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário