Douglas revela que já treinou até a Caixa Misteriosa

Designer de curtume brincou com amigas para testar como se sairia na prova mais famosa do MasterChef

Quem tem pouca experiência gastronômica pode achar que tentar entrar no MasterChef Brasil é dar um passo maior que a perna. No entanto, para Douglas Holler, isso não foi um empecilho. O designer de curtume aprendeu a cozinhar há menos de 2 anos, apenas para poder participar do talent show culinário da Band.

"Quando eles provaram o prato e apontaram algumas coisas que eles mudariam, já bateu aquele desespero. Uma coisa é você cozinhar em casa, os teus amigos falarem que está bom. Aqui são três pessoas que você admira muito, que cozinham há muito tempo e que são renomados. É muito diferente", explicou Douglas ao Portal da Band.

"Eu fiquei muito feliz, sem reação e sem conseguir me mexer, até eu conseguir pegar o avental. É uma coisa que eu queria muito e eu me dediquei muito, mas não tem como saber se eles vão gostar ou não. Talvez, o que para mim seja bom, para eles não seja – exatamente por eles conhecerem muito. Mas também foi uma felicidade", completou.

Apesar da falta de experiência, o gaúcho garante que está preparado para enfrentar os outros candidatos do MasterChef. "Uma coisa que eu tenho de diferente é que eu pesquiso muito, leio muito, vou atrás de informações, estou sempre vendo algum vídeo, lendo algum livro, treinando. Eu faço jantares com entrada, prato principal e sobremesa justamente para treinar empratamento, porções e combinações. Já as pessoas estão acostumadas a cozinhar para a família, colocar a panela na mesa e cada um se servir", disse.

"As pessoas estão acostumadas a cozinhar assim, de uma maneira mais caseira e eu já faço pratos bonitinhos – que é o que o programa vai pedir, não é? Já fiz até a Caixa Misteriosa com as minhas amigas: elas montaram caixas com ingredientes secretos para eu cozinhar. Então, eu acho que eu já treinei bastante", finalizou.

Cozinheiros duelam entre si para permanecer com o avental:

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário