quarta-feira, 16 de setembro de 2015 - 16h19 / Atualizado em quinta-feira, 17 de setembro de 2015 - 10h22

Izabel fala sobre críticas após vitória

A carioca declarou que tinha certeza que Raul ganharia a competição por seu carisma que conquistou o público

Izabel planeja estagiar em cozinha profissional Foto: Lucas Ismael/Band

| entretenimento@band.com.br

Um dia após ser consagrada a segunda MasterChef Brasil, Izabel Alvares participou de uma maratona de entrevistas na Band.

Mesmo cansada, a competidora estava radiante. "Dormi só 2h40 essa noite", entregou em entrevista ao programa "Manhã Bandeirantes", da Rádio Bandeirantes.

Durante o bate-papo, ela não poupou elogios ao rival. "Acho que o Raul foi coerente na escolha dos pratos dele. Eram simples, mas com muito tempero, que é sua marca registrada. Somos cozinheiros diferentes: ele é o cara do tempero e eu sou a menina da técnica. Acho que ontem os chefs valorizaram mais essa questão da técnica, mas pontuaram muito o quanto o tempero dele é especial. Eu comi a linguiça do Raul [risos] e realmente é muita gostosa. O cara cozinha demais. Não é demagogia, não", afirmou.

A produtora de eventos também comentou as críticas pelo seu jeito muito emotivo. "Por mais que seja um programa de técnica, de ofício, de trabalho, o Raul causou uma simpatia nas pessoas. Os chefs claramente demonstravam muita simpatia por ele porque realmente ele é muito carismático. E eu sempre chorando, sempre nervosa. Não sabia se só o fato de eu ser uma boa cozinheira seria suficiente para ganhar o programa", declarou. "Se a pessoa não gosta de você ela automaticamente acha que você não cozinha nada".

Reveja a vitória de Izabel:


Diante da grande torcida por Raul, Izabel se programou para ser vice-campeã, mas agora já está pensando no futuro. "Só fiz planos para o segundo lugar. Agora eu tenho dois focos: estagiar em uma cozinha profissional porque eu preciso ganhar uma casca. Sou muito emotiva, estabanada e acho que ficar trabalhando em uma cozinha profissional antes de ir para Paris me ajude a profissionalizar. Acho que só trabalhando mesmo, descascando batata, limpando o chão, é que a gente aprende o que é o ofício da cozinha. Depois quero ir para Paris e ficar o máximo de tempo aproveitando", disse.

Veja as fotos dps bastidores: