Em vídeo, Naldo pede desculpas: Vou lutar pela minha família

Cantor foi denunciado por agredir Ellen Cardoso e preso por porte ilegal de arma de fogo

Após ser preso por porte ilegal de arma de fogo e denunciado por agressão à mulher Ellen Pereira Cardoso, mais conhecida como Mulher Moranguinho, Naldo Benny garante estar arrependido e que vai lutar pela sua família.

A assessoria de imprensa do músico enviou à imprensa três vídeos de Naldo. Ele chora e pede desculpas. “Quero incansavelmente pedir perdão à minha mulher, perdão a vocês, pedindo ajuda. Eu creio que existe um propósito de Deus nisso, tenho pedido desde esse acontecimento a Deus que ele entre na frente, me ajude, eu quero deixar muito claro, que eu amo muito a minha mulher. Quem me conhece sabe disso, sabe o cara que eu sou, o cara de bem que eu sou, o quanto eu estou buscando me cuidar com profissionais. Tô aqui morrendo de saudade da minha filha, da minha mulher. Estou aqui no quartinho dela, olhando todas as nossas fotos, arrependido, destruído, sem a menor vergonha de falar, eu sei que as pessoas vão me bater, vão me julgar, mas eu creio que Deus vai fazer um milagre”, declarou.

“Eu vou lutar pela minha família incansavelmente, eu estou disposto a melhorar e dar isso como exemplos para as pessoas que passam por isso, que eu possa ajudar com o meu testemunho, com a minha mudança de postura. Isso é horrível demais, quem tem a sua família e ama a sua família sabe o que eu posso estar passando agora, agradeço a todos vocês que estão de certa forma pedindo a Deus que tudo se resolva bem”, completou.

Naldo ainda aproveitou para mandar um recado para a mulher. “Quero deixar muito claro para a minha mulher que eu estou arrependido, acabado, que eu a amo muito, que eu não queria que tudo isso tivesse acontecido também. Estou morrendo de saudade, não tenho vergonha nenhuma de falar isso para o Brasil todo. Infelizmente, as coisas tomaram uma proporção gigante”, explicou.

O cantor também falou sobre a arma de fogo que foi encontrada com ele. “Não teve nada a ver com a briga, a arma estava aqui em casa por causa do assalto que tive aqui em casa, nem sabia onde estava a arma. A Ellen diz isso no depoimento dela, fala que eu não sabia, não fazia uso dela, não foi para a nossa briga, nada a ver com isso”, argumentou.

Entenda o caso

No último sábado, dia 2, Ellen diz que foi atingida por socos, chutes e puxões de cabelo durante uma discussão com o marido. Em depoimento à Delegacia de Atendimento à Mulher (Deam), no Rio de Janeiro, ela afirmou que era agredida com frequência por ciúmes.

Os dois estão juntos há setes anos, mas oficializaram a união apenas em 2013. No relato à polícia, a Mulher Moranguinho revelou que o funkeiro mantinha um revólver em casa.

Na quarta-feira, dia 6, o artista foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo, mas foi liberado após pagamento de fiança.

Reveja o casamento dos dois:

Compartilhar

Deixe seu comentário