Tamanho de fonte
Atualizado em quarta-feira, 17 de maio de 2017 - 09h34

Brad Pitt e Angelina Jolie estariam reatando

Fontes próximas ao atores confirmaram que eles têm se encontrado
Pitt e Jolie ficaram juntos por 12 anos / Mario Anzuoni/Reuters Pitt e Jolie ficaram juntos por 12 anos Mario Anzuoni/Reuters

O casal Brad Pitt e Angelina Jolie pode estar cada vez mais perto de se reconciliar. A informação é da revista norte-americana Life & Style, que afirmou que os atores têm se encontrado "várias vezes nas últimas semanas e conversam por telefone quase todos os dias".

Segundo a publicação, uma fonte ligada ao casal afirmou que "aos poucos, os velhos sentimentos começaram a voltar". "Eles têm falado abertamente um com o outro, como não faziam há anos, e é como se estivessem saindo novamente".

Os rumores foram ganhando força após Pitt ter assegurado à GQ Style estar "limpo". O ator também disse que seus problemas com o álcool e o abuso de substâncias ficaram no passado.

"Não tenho segredos, não tenho nada a esconder", afirmou em outra entrevista. Pitt revelou ainda que, desde sua separação, está tentando um diálogo com Jolie para saber como ficará a "nova configuração" de sua família.

Para o ator, "as crianças são tudo". "Eles estão tendo toda atenção, assim como deveria ser", acrescentou Brad Pitt, que tem seis filhos com a atriz - Maddox (16), Pax (13), Zahara (12), Shiloh (10), Knox (8) e Vivienne (8).

Ainda em entrevista à GQ Style, o ator admitiu que o consumo excessivo de álcool destruiu seu casamento com Jolie. "Estava bebendo demais", declarou. "Não sou um suicida nem nada parecido. Existe ainda muita beleza no mundo e muito amor. E muito amor para dar".

Pitt se prepara para a estreia de seu próximo filme, War Machine, em 26 de maio, na Netflix. O longa, em que o galã interpreta o General Glen McMahon, conta a história complicada e efêmera de um militar da guerra do Afeganistão.

Leia também:
Brad Pitt se encontrou secretamente com Jolie
Jolie gasta R$ 150 mil em tratamentos faciais