Tenho várias histórias bizarras, relembra Luciana

Publicitária contou que gosta de pessoas com bom humor e não suporta rabugentos

Se bom humor é uma característica importante quando você procura um par, saber que você terá um encontro com um comediante é algo que já vai te agradar de cara. Esse é o caso de Luciana, que está solteira há quatro anos e está desconfiada dos homens após as últimas experiências.

“Minha preocupação era ter uma pessoa bem humorada ao meu lado porque eu não aguento alguém rabugento, ele é bem humorado, graças a Deus. Gostei bastante do encontro, ele é uma pessoa super bacana, vamos sair com certeza”, comemorou em entrevista ao Portal da Band.

A publicitária aprovou o jantar às cegas e aproveitou para relembrar uma situação inusitada do passado. “Foi uma experiência inédita, já tive vários encontros por aplicativos e sites. Tenho várias histórias bizarras. Teve uma vez que no meio do encontro o rapaz recebeu uma ligação, parecia que era da ex-namorada dele, e no começo ele começou a brigar: ‘Não, eu não quero’. E de repente a fisionomia dele foi mudando, mudando e afirmou: ‘Daqui meia hora eu estou aí’. Ele olhou para mim e eu: ‘Tudo bem, cara, não precisa falar mais nada, pode ir, eu fico aqui’”, comentou aos risos.

E sabendo do histórico da sua pretendente, Marcelo contou que está disposto a lutar por uma vaga no coração de Luciana. “Ela está aprovada, foi um papo gostoso, tem um astral bacana, é espirituosa, divertida, sem frescuras”, enumerou.

Ele ainda aproveitou para fazer uma ligação entra a sua profissão com o programa. “Amor e comédia combinam muito. Comédia sem amor não tem alegria. Quando você está apaixonado é mais fácil fazer piada, você se inspira mais, está mais aberto, tudo o que você faz com amor e com boa vontade tem resultado”, argumentou.

Marcelo ainda confidenciou que tem planos ousados para o futuro. “Tenho muita vontade de casar, ter filhos, na igreja, tudo, como manda o figurino, o estatuto da instituição casamento. Acho que ela também tem esse sonho, vou batalhar para pegar essa vaguinha”, afirmou.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário