Kelly reprova cantoria de Nemias: não era o momento

Produtor de eventos atendeu ao pedido de outro casal e tocou música de Tim Maia no violão

Solteira há dois anos, Kelly chegou cheia de expectativas para o seu encontro com Nemias. Porém, durante o jantar no restaurante do À Primeira Vista, eles descobriram que eram diferentes e que a história deles não teria uma continuação.

O produtor de eventos até tentou surpreender a pretendente e levou um violão para o encontro. A oportunidade de soltar a voz surgiu quando Daniel, que estava em um date com Rosana ao lado, pediu se ele poderia tocar Primavera, de Tim Maia.

A atitude não agradou a carioca. “Acho que não era o momento e a hora, muita exposição, não curti, não”, revelou em entrevista ao Portal da Band. Porém, Nemias não viu problemas na atitude. “Gosto muito de cantar, de fazer amigos, brincar e se divertir. A galera entrou no clima, acabou contagiando todo mundo, foi bem divertido”, argumentou.

Por ele, os dois até tentariam um segundo encontro mesmo com as diferenças. “Achei muito bacana, interessante. Porém, se ela não deseja sair, sem problemas. Ela é uma pessoa bacana como amiga, acho que esse é o primeiro lance, a amizade é a gêmea do amor”, comentou.

Mãe de um rapaz de 21 anos e de uma adolescente de 19 anos, Kelly revelou que mantém uma boa relação com o ex-marido. “Estávamos juntos há 12 anos, casei muito novinha, tinha 17 anos. Eu queria estudar, viajar, e ele não tinha o mesmo ritmo que o meu. Quando a gente percebeu, éramos mais irmãos do que marido e mulher. Somos amigos até hoje, saímos juntos, frequentamos os mesmo lugares, é amizade mesmo”, explicou.

A promotora de eventos de 41 anos garante que o antigo relacionamento não é motivo de temor para o seu futuro par. “A pessoa que estiver comigo já percebe de cara que não tem nada de homem e mulher, é realmente uma amizade. Toda a minha família se dá bem com a família do meu ex-marido, não temo como escapar disso”, argumentou.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário