Sinval relembra cegueira e diz que deseja um relacionamento

Arquiteto de 49 anos destacou que não teve afinidades com Claudia durante o jantar

Sinval enfrentou um grave problema de visão há cinco anos, quando chegou a ficar cego e precisou passar por várias cirurgias para se recuperar.

“Eu tive um trauma espontâneo e perdi a visão. Estava trabalhando e começou a falhar aos poucos. Na época, eu fazia uma graduação no litoral, quando cheguei lá minha visão já estava bem baixa, mal consegui estudar. Voltei para São Paulo e no outro dia entrei na primeira cirurgia, durou oito horas. Foi um trauma espontâneo, pode acontecer com qualquer um. Passei por algumas cirurgias, a última foi em janeiro, estou te vendo, consigo ver várias coisas. Graças as boas equipes e o pensamento positivo, que eu não caí, ajuda de amigos e família”, contou.

O arquiteto de 49 anos confessou que mudou após o susto. “Um dos lados positivos foi do compartilhar. Se você pode ajudar alguém, ajude, sem querer nada em troca, saiba agradecer, dar um bom dia, falar eu te amo, seja presente na vida das pessoas e compartilhe”, declarou.

Solteiro há três anos, Sinval revelou que aprovou a sua participação no À Primeira Vista mesmo com o encontro com Claudia não tendo um final feliz. “Achei a experiência impar, muito legal. Eu vim com uma tremenda expectativa porque eu tenho focos na vida, agora o meu foco é relacionamento. Eu vim, encontrei uma pessoa legal. Para amizade, é uma pessoa show de bola. Porém, nós não temos afinidades. Somos pessoas bem diferentes”, afirmou.

“Valeu a experiência, as informações que ela me passou, acho que passei também pra ela. As pessoas não devem procurar um perfil de pessoa, mas afinidade pelas pessoas, porque às vezes você vê uma pessoa de tal maneira e não tem afinidade nenhuma, aí você vê a outra completamente oposta e você tem uma afinidade”, completou.

Além de afinidade, o arquiteto, que já foi noivo por dez anos, revela o que a precisa ter para conquistá-lo. “Precisa ser uma pessoa determinada, independente, que goste da vida, olhe para o próximo, não pode ter egoísmo, saber compartilhar com o próximo, saber levar a vida, olhe pra vida com sonhos”, enumerou.

Compartilhar

Ler a notÍcia completa

Deixe seu comentário